Cláudia Varela passa da PLMJ para a SRS Advogados

Cláudia Varela acaba de integrar a equipa de direito Laboral e Segurança Social da SRS Advogados.

A advogada transita da PLMJ, onde exerce desde 1992, prestando assessoria jurídico-laboral e apoio à gestão de recursos humanos a inúmeras empresas, nacionais e internacionais. Entre as suas principais atividades, destacam-se o apoio laboral a operações de fusões, aquisições e restruturações de empresas, bem como o contencioso laboral e contraordenacional, acidentes de trabalho e negociação coletiva de trabalho, entre outras áreas.


Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Internacional de Lisboa (1987 – 1992), Cláudia Varela conta ainda com uma pós-graduação em “Nova Legislação Laboral”, pela Universidade Católica Portuguesa e com um curso de Direito da Segurança Social, pelo D epartamento Social da Universidade Internacional. A equipa do departamento de Direito Laboral e Segurança Social da SRS Advogados, liderada pelo sócio César Sá Esteves, conta atualmente com 15 advogados.


“Estamos muito satisfeitos com a integração da Dra. Cláudia Varela na SRS Advogados, pelas suas reconhecidas competências profissionais e qualidades pessoais. Esta contratação é uma aposta da Sociedade e do Departamento, que irá beneficiar da experiência e conhecimentos desta reputada advogada jus-laboralista, e surge num contexto de continuado crescimento desta área”, realça o responsável.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Cláudia Varela passa da PLMJ para a SRS Advogados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião