Metro de Lisboa vai andar mais rápido… na internet

A Nos está a reforçar a cobertura de rede no metropolitano da capital. Parte da linha verde já tem 4G e toda a rede deverá ter esta tecnologia até março. Segue-se o metro do Porto já este verão.

Parte da linha verde do metro de Lisboa já tem cobertura de 4G da Nos.Paula Nunes / ECO

Os clientes mais atentos da Nos que viajam com frequência no metro de Lisboa podem já ter reparado neste pormenor. Mas, para outros, é total novidade: há alguns meses, começou a haver cobertura de rede móvel 4G nos túneis do metro, o que não acontecia até então. Agora, o anúncio é oficial: a Nos está mesmo a reforçar a cobertura no metropolitano de Lisboa e quer que todos os túneis do metro tenham rede 4G até março.

Aa operadora liderada por Miguel Almeida anuncia, em comunicado, que “a Nos está a reforçar a cobertura do seu serviço móvel 4G nas estações da rede do metropolitano de Lisboa para oferecer melhor acesso a todos os passageiros”. Segundo a empresa, “o projeto está já finalizado na linha verde, no eixo Alameda-Alvalade, com a cobertura total da rede do metropolitano prevista para o final de março”. Um investimento deste género no metro do Porto está já garantido pela operadora para este verão.

O 4G é a quarta geração de rede móvel, que permite velocidades de acesso à internet significativamente mais rápidas do que o 3G, que é uma tecnologia mais antiga e que ainda é amplamente usada no metro da capital. Com esta evolução, a Nos passa a conseguir dar melhor cobertura de telecomunicações aos passageiros do metro.

O ECO confirmou que a rede móvel no eixo indicado pela empresa já é de quarta geração, mas a sobrecarga das estações da rede do metro ainda são um desafio para as três principais operadoras nacionais. Em horas de ponta, por exemplo, o acesso à internet é muitas vezes inviável e, em picos de tráfego de passageiros, há clientes que registam dificuldades até mesmo nas chamadas telefónicas.

A Nos NOS 0,04% dá assim um passo no sentido de mitigar este problema, garantindo que “este reforço da cobertura móvel nas 56 estações da rede vai permitir, aos 162 milhões de passageiros anuais do metropolitano de Lisboa, um serviço móvel com melhor desempenho no que respeita à banda larga móvel”. A operadora conclui, indicando que “este investimento insere-se na melhoria da rede móvel” que “está a efetuar em todo o país e que prevê uma cobertura móvel em 4G de mais de 99% da população nacional”.

Cotação das ações da Nos na bolsa de Lisboa

Comentários ({{ total }})

Metro de Lisboa vai andar mais rápido… na internet

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião