IGCP prevê emitir até 5.750 milhões de dívida este trimestre

Estado prevê financiar-se até 5.750 milhões de euros entre julho e setembro, revela o IGCP. Só 1.250 milhões serão através de dívida de longo prazo.

Portugal deverá emitir até 5.750 milhões de euros em títulos de dívida de curto e longo prazo no terceiro trimestre, um período mais calmo em termos de emissões de dívida por causa do período de férias de muitos investidores.

O IGCP, que faz a gestão da dívida pública, anunciou esta terça-feira o calendário de operações de financiamento do Estado para os próximos três meses, depois de na primeira metade do ano ter levantado quase dez mil milhões em títulos de dívida de longo prazo ao preço mais baixo desde pelo menos 2010.

Além de uma emissão de obrigações do Tesouro entre 1.000 milhões e 1.250 milhões, a agência liderada por Cristina Casalinho prevê ir ao mercado por mais três vezes entre julho e setembro com leilões de Bilhetes do Tesouro com prazos entre 3 e 12 meses e com os quais espera obter até 4.500 milhões de euros. A próxima operação acontece já no dia 18 de julho, com um duplo leilão de bilhetes a 6 e 12 meses.

“O IGCP acompanhará ativamente a evolução das condições do mercado, podendo introduzir ajustamentos às presentes linhas de atuação”, refere aquele organismo.

Dados do Banco de Portugal mostraram esta segunda-feira que a dívida pública bruta subiu em maio para um novo máximo histórico, acima dos 250 mil milhões de euros. Mas o montante do endividamento das administrações públicas deverá recuar em junho, depois de a República ter feito um reembolso de 6,6 mil milhões de euros relativo ao vencimento de uma linha de obrigações no dia 16 de junho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

IGCP prevê emitir até 5.750 milhões de dívida este trimestre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião