Presidente da União Internacional de Advogados lança desafio em visita a Cabo Verde

O presidente da União Internacional dos Advogados (UIA), Pedro Pais de Almeida, está numa visita a Cabo Verde. O objetivo é reforçar a presença internacional dos advogados lusófonos.

O presidente da União Internacional dos Advogados (UIA), Pedro Pais de Almeida, está numa visita a Cabo Verde, a convite da Ordem dos Advogados Cabo Verdianos. O objetivo é reforçar a presença internacional dos advogados lusófonos. Neste âmbito, a sua visita contou com a presença do primeiro ministro e do ministro da Justiça de Cabo Verde, tendo discursado ontem na Assembleia Nacional sobre o tema “Escravatura dos Tempos Modernos”.

Um dos objetivos da atual presidência da UIA é potenciar o papel dos advogados lusófonos nas instituições internacionais, onde atualmente têm pouco peso relativamente ao número de advogados que representa.

“Em termos de cobertura geográfica, os advogados lusófonos estão espalhados por quatro continentes, África, América do Sul, Ásia e Europa. É voz corrente que, em conjunto, representam mais de 20% dos advogados a nível mundial, mas a sua influência é muito menor do que aquela que têm os advogados com outras línguas maternas”, afrma Pedro Pais de Almeida em comunicado. “É urgente dinamizar a UALP como plataforma de diálogo e aproximação contínua entre os advogados lusófonos e reforçar a sua posição na comunidade internacional dos advogados, enriquecendo a cultura jurídica da lusofonia e reforçando as competências dos advogados lusófonos”, reforça.

Este vai ser um dos temas do 62.º Congresso da UIA, a ter lugar no Porto, entre 30 de outubro e 3 de novembro, que terá como painéisos “Desafios Jurídicos da Escravatura dos Tempos Modernos” (Legal Challenges of Modern Day Slavery) e “Prática Jurídica na Era Digital” (Legal Practice in the Digital Era)”. O congresso deve contar com cerca de 1.200 advogados de todo o mundo, tendo já o Alto Patrocínio do Presidente da República Portuguesa.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Presidente da União Internacional de Advogados lança desafio em visita a Cabo Verde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião