Vodafone lança rede “5G” para testes em Lisboa

A Vodafone já instalou a primeira antena da rede de testes para o 5G, que vai poder ser usada por empresas, universidades e startups que queiram testar a tecnologia. Há mais antenas a caminho.

A Vodafone Portugal criou esta quinta-feira uma rede de testes para o 5G, que estará ao dispor das empresas, universidades e startups que integram o centro de inovação Vodafone 5G Hub. Num comunicado, a operadora informa que pôs “no ar” a “primeira antena 5G do país”, em parceria com a Ericsson. Está montada no topo da sede da Vodafone, no Parque das Nações.

Apesar de ainda faltarem alguns passos relevantes para o lançamento da quinta geração de rede móvel em Portugal, a empresa criou uma rede de testes que funciona temporariamente numa frequência cedida pela Anacom, “para que sejam testadas em ambiente real todas as possibilidades que esta tecnologia vai trazer”.

“Acreditamos que os projetos que se desenvolvam no nosso laboratório de inovação a partir da rede 5G vão contribuir para ficarmos a conhecer ainda melhor a tecnologia e, assim, explorar de uma forma muito mais concreta a sua utilização futura”, considera Pedro Santos, responsável pelo Vodafone 5G Hub, citado em comunicado.

De acordo com a empresa liderada por Mário Vaz, a rede de testes 5G da Vodafone “tirará, igualmente, partido da atual rede 4G da Vodafone”. “Até ao final do ano, a Vodafone Portugal instalará mais antenas 5G entre Lisboa e Porto, como a já anteriormente anunciada na FEUP”, conclui a mesma nota.

O 5G é a próxima geração de rede móvel que vai trazer débitos mais rápidos no acesso à internet. Espera-se que a tecnologia sirva de base à evolução da nova era da indústria. Em Portugal, a Anacom ainda tem de proceder à retirada da TDT das frequências que vão ser utilizadas para o 5G e lançar um leilão para atribuição do espetro às várias operadoras.

Comentários ({{ total }})

Vodafone lança rede “5G” para testes em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião