Galp dá início à produção de petróleo no Kaombo Sul em Angola

  • ECO
  • 2 Abril 2019

A segunda segunda unidade em operação no projeto Kaombo conta com uma produção estimada de 115 mil barris de petróleo por dia.

A Galp Energia está a produzir mais petróleo em Angola. Deu início produção da FPSO Kaombo Sul, a segunda unidade em operação no projeto Kaombo, que conta com uma produção estimada de 115 mil barris de petróleo por dia.

Em comunicado enviado à CMVM, a empresa liderada por Carlos Gomes da Silva diz que o projeto Kaombo, localizado aproximadamente a 260 quilómetros da costa de Luanda, em profundidades de água entre os 1.400 e 2.000 metros, vai elevar a “capacidade total instalada no Bloco 32 para 230 mil barris de petróleo por dia”.

“A estimativa de volumes totais a serem recuperados dos campos é de cerca de 650 milhões de barris de petróleo“, acrescenta a empresa que detém uma participação de 5% no consórcio para o desenvolvimento do Bloco 32.

“Angola é um das principais regiões das atividades do Grupo Galp, onde está presente desde 1982, e o projeto Kaombo considerado um dos mais relevantes desenvolvimentos a ocorrer no país, sendo um importante fator de contribuição para o crescimento da produção do grupo”, remata.

Comentários ({{ total }})

Galp dá início à produção de petróleo no Kaombo Sul em Angola

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião