Verão não é só o turismo: famílias dinamizam emprego sazonal

  • Ricardo Vieira
  • 1 Agosto 2019

Procura por babysitters, pet sitters e professores particulares cresce no verão e traz mais oportunidades no mercado de trabalho sazonal.

Sabe-se que o verão é a altura do ano em que há mais oportunidade para integrar o mercado de trabalho: quer se trate de mão-de-obra desempregada que encontra, neste período, a oportunidade para voltar a trabalhar ou de um estudante à procura da primeira experiência de trabalho.

De acordo com uma análise do Yoopies, uma plataforma europeia para a pesquisa de emprego no setor doméstico, 28% dos candidatos à procura de emprego em junho e julho estão entre 20 e 25 anos de idade.

No setor do turismo, Portugal registou o maior crescimento da União Europeia – segundo relatório do World Travel & Tourism Council – empregando mais de um milhão de pessoas. Naturalmente, é na região do Algarve que mais deve crescer o número de contratações, mas acompanhado por Lisboa e Porto face ao aumento de turistas nesta época do ano.

O setor de serviços para famílias também apresenta um aumento durante os meses de verão. De acordo com o Yoopies há um maior “número de anúncios à procura por profissionais como babysitters, pet sitters e professores particulares”, um crescimento de “cerca de 8% desde junho, sendo o início do verão um importante pico na oferta de emprego, a perder somente para o período de regresso às aulas, em setembro”.

Comentários ({{ total }})

Verão não é só o turismo: famílias dinamizam emprego sazonal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião