Mapa Interativo: Estas são as 320 bombas de emergência onde pode abastecer a partir de hoje

Com a declaração de alerta energético, a rede de emergência já está ativa. Veja aqui as bombas em que o Governo garante que pode abastecer, mas só até 15 litros.

A dois dias de arrancar a greve dos motoristas de matérias perigosas, está declarado o alerta energético e criada a Rede de Emergência de Postos de Abastecimento (REPA) para garantir a capacidade de abastecimento. Ao todo são 320 postos, limitados a 15 litros de combustível por pessoa, que já estão disponíveis desde da meia-noite de hoje.

“A REPA irá funcionar com 54 postos prioritários e 320 postos para utilizadores comuns, ainda que com local específico para veículos prioritários, explicou Matos Fernandes na conferência de imprensa desta sexta-feira. O governante disse ainda que será afixado em todos os postos de combustível do país as localizações das bombas REPA, “à imagem do que se faz nas farmácias, com as farmácias de serviço”.

Ainda pode continuar a tentar abastecer nos restantes postos de abastecimento, onde o limite até é maior (25 litros), mas depende da disponibilidade. Já nesta rede REPA, o Governo garante que haverá combustível disponível, embora limitado a apenas 15 litros por pessoas.

A rede foi ajustada à maior procura pelo período de férias, pelo que terá mais postos do que seria normal na região do Algarve: serão 22 postos na região. “No caso do Algarve foi pensada a sazonalidade e há quase o triplo do que seria normal”, referiu o Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva.

Veja aqui os 320 postos de abastecimento que fazem parte desta rede e onde pode colocar combustível na sua viatura:

 

 

 

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mapa Interativo: Estas são as 320 bombas de emergência onde pode abastecer a partir de hoje

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião