João Medeiros sai da PLMJ e vai para a VdA

  • ADVOCATUS
  • 2 Setembro 2019

Saiu mais um sócio da PLMJ. Desta vez foi João Medeiros, sócio de direito penal, e vai integrar a sociedade VdA.

O advogado João Medeiros saiu da sociedade de advogados PLMJ, após 27 anos de colaboração. O sócio da PLMJ abandona assim a sociedade liderada por Luís Pais Antunes para integrar a equipa da Vieira de Almeida (VdA), revelou o Expresso e confirmou o ECO. A VdA recusa-se a comentar o assunto.

Em comunicado, a PLMJ confirmou o fim da colaboração de João Medeiros com a sociedade. O managing partner, Luís Pais Antunes, referiu em comunicado que a sociedade vai continuar a ser uma referência na área de penal, mas quer “recentrar” a oferta corporate.

O advogado era sócio coordenador da área de criminal, contraordenacional e compliance da PLMJ. É ainda um dos advogados com maior reputação na área de direito penal em Portugal, sendo o rosto de processos mediáticos, como o caso EDP. Ao lado de Paulo Saragoça da Matta e Rui Patrício defendeu o Benfica no processo e-toupeira. João Medeiros foi recentemente uma das vítimas do ataque informático à PLMJ.

A saída do penalista foi a sétima dos últimos nove meses. Em julho os sócios Manuel Santos Vítor e Nuno Cunha Barnabé abandonaram a sociedade e transferiram-se para a Abreu Advogados.

 

(artigo atualizado pela última vez às 18h26)

Comentários ({{ total }})

João Medeiros sai da PLMJ e vai para a VdA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião