BCP volta aos ganhos. Dá força à bolsa de Lisboa

Dia de ganhos nas praças europeias, mas também em Lisboa. PSI-20 subiu com quase todas as cotadas em alta, destacando-se o regresso do BCP às subidas.

Foi uma sessão positiva nas bolsas europeias e a praça portuguesa não escapou ao otimismo dos investidores. Lisboa valorizou-se quase 1% com a maioria das cotadas em alta, destacando-se as ações do BCP, que regressaram aos ganhos depois de três dias a cair.

O PSI-20 somou 0,97% para 5.039,92 pontos, à boleia dos ganhos de 14 cotadas. O banco liderado por Miguel Maya provou os primeiros ganhos na bolsa esta semana, depois de fechar a sessão desta quinta-feira em alta de 2,20% para 0,2044 euros — no mesmo dia em que anunciou que está a prepara uma nova emissão de dívida de alto risco.

Aparentemente indiferente à coima da 50 milhões de euros aplicada pela Autoridade da Concorrência, a EDP também valorizou: os títulos da elétrica avançaram 0,31% para 3,5 euros, depois de terem iniciado o dia a cair 1%.

Os melhores desempenhos pertenceram, ainda assim, à Sonae e aos CTT. A retalhista dona do Continente avançou 2,49% para 0,866 euros, isto num dia em que esteve no centro do debate em Bruxelas por causa de um eventual conflito de interesse de Elisa Ferreira, que era acionista da Sonae, no desempenho do seu novo cargo como comissária europeia. Já os CTT ganharam 2,41% para 2,21 euros, depois de anunciaram a reabertura de uma loja em Vila Flor, em Bragança, dando início a um processo restabelecimento dos balcões que foram encerrados no ano passado.

Lá fora o dia também foi positivo. “As bolsas europeias negociaram com alguns ganhos, que se deveram ao bom desempenho do setor bancário. Depois de ter beneficiado do facto da reunião do BCE ter dissipado algumas incertezas em relação ao futuro da política monetária na Zona Euro, o DJStoxx Banks refletiu hoje a decisão da reunião de ontem da Fed”, explicam os analistas do BPI no comentário de fecho da bolsa.

“A estas duas razões, adiciona-se a subida das yields soberanas em quase todos os países da região”, notaram os analistas.

Foi neste cenário que o Stoxx 600 Banks, que inclui os principais bancos europeus, ganhou 1,8% para 132,55 pontos. O índice de referência europeu, Stoxx 600, valorizou 0,61%. Frankfurt somou 0,5% e os ganhos em Madrid superaram os 1%. Wall Street também está em alta de 0,6%.

(Notícia atualizada às 17h00)

Comentários ({{ total }})

BCP volta aos ganhos. Dá força à bolsa de Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião