Trabalho remoto? Saiba como criar uma rotina produtiva

Ter o "escritório" em casa pode trazer vários desafios. Trabalhar remotamente vai obrigá-lo a definir horários e a ser mais regrado, para que consiga cumprir prazos e ser produtivo.

O trabalho remoto deixou de ser uma exceção e veio para ficar, com cada vez mais empresas a aderir a esta forma de trabalhar. Uma maior conciliação entre a vida pessoal e profissional é uma das razões que tem impulsionado o trabalho remoto. Na maioria dos casos, a grande diferença entre quem trabalha remotamente, e quem está fisicamente na empresa, é o local de trabalho, que pode interferir com uma rotina de trabalho produtiva.

O estudo “State of Remote Work”, desenvolvido pela empresa gestora de redes sociais Buffer, conhecida por ser a “tecnológica sem escritório”, revela que mais de 80% das pessoas que trabalham remotamente escolhem a sua própria casa para trabalhar. No mesmo estudo, 99% dos inquiridos respondeu que gostaria de trabalhar remotamente em alguma altura da sua vida.

Trabalhar remotamente pode ser um desafio, mas a revista tecnológica Fast Company dá alguns conselhos para que consiga tornar a sua rotina de trabalho mais produtiva.

  • Defina o seu local de trabalho

Se trabalha remotamente, é muito provável que trabalhe através de casa. Se for o caso, o ideal é escolher uma divisão, ou canto da casa, que normalmente não utilize nos tempos livres. Se gosta de trabalhar fora de casa, vá trocando de local de trabalho. Trabalhando fora ou a partir de casa, faça um plano das tarefas no início do dia, para não se perder e conseguir cumprir prazos.

  • Crie rotinas

No trabalho remoto não é necessário “picar o ponto”, como acontece em quase todos os empregos convencionais. Os trabalhadores remotos têm o escritório em casa, o que pode aumentar a tentação para prolongar um pouco mais o sono pela manhã. Faça uma lista e escreva a rotina diária, para definir um horário de “entrada e saída” do trabalho. Mantenha as rotinas simples e consistentes ao longo dos dias de trabalho. Se tiver um horário para começar e acabar o trabalho, vai sentir-se mais produtivo.

  • Divida o tempo livre e o tempo de trabalho

Faça bem a divisão entre as horas de trabalho e as horas de lazer. É uma forma de se manter organizado, conseguir cumprir prazos e ser mais produtivo.

  • Invista no seu “escritório”

Se trabalha através de casa, invista tempo na organização daquele que será o seu “escritório”. Escolha uma cadeira confortável e uma decoração personalizada que o ajude a sentir-se calmo, motivado e mais produtivo.

  • Evite distrações fora do trabalho

Quando o dia de trabalho terminar, desligue todas as aplicações de trabalho e desative as notificações. É importante saber dividir o horário de trabalho, por isso quanto menos notificações receber fora do trabalho, mais produtivo se tornará.

A nível global, estima-se que cerca de 70% dos trabalhadores já não estejam fisicamente no local de trabalho. O mesmo estudo, “State of Remote Work”, refere que o “horário flexível“, é a maior vantagem do trabalho remoto, seguindo-se a possibilidade de trabalhar a partir de qualquer local e, ainda, a possibilidade de passar mais tempo com a família.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Trabalho remoto? Saiba como criar uma rotina produtiva

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião