Alemanha corta previsões. PIB só cresce 1% em 2020

Em vez dos anteriores 1,5%, as perspetivas do governo de Angela Merkel apontam para um crescimento de 1% para o Produto Interno Bruto no próximo ano.

O governo alemão cortou as previsões de crescimento para o próximo ano, em resultado da antecipação de uma quebra da procura global, bem como dos efeitos resultantes do Brexit e da guerra comercial entre os EUA e a China.

A maior economia europeia deverá assim crescer 1% em 2020, abaixo dos 1,5% anteriormente previstos, revelou o ministério da Economia do governo de Angela Merkel, nesta quinta-feira. Recorde-se que no draft enviado para Bruxelas esta semana, a Alemanha continuava a antecipar um crescimento de 1,5% no próximo ano.

Embora as perspetivas sejam de uma melhoria em relação às projeções de um crescimento de 0,5% para este ano, o ritmo de crescimento perspetivado está bastante aquém do verificado nos últimos anos.

“As perspetivas podem atualmente mais fracas, mas não há a ameaça de uma crise económica“, afirmou o ministro da Economia alemão, Peter Altmaier, citado pela Bloomberg.

Comentários ({{ total }})

Alemanha corta previsões. PIB só cresce 1% em 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião