Apple lança auscultadores AirPods Pro com novo design. Custam 279 euros

A Apple já lançou a muito aguardada renovação dos auscultadores sem fios. Os AirPods Pro custam 279 euros e chegam às lojas a 30 de outubro.

A Apple lançou os AirPods Pro, uma nova versão dos auscultadores sem fios apresentados em 2016 e que são já considerados um ícone cultural da segunda metade desta década. Os novos auscultadores têm um design diferente do anterior e, entre outras coisas, incluem melhoramentos ao nível do cancelamento de ruído para uma maior imersão do utilizador.

Os novos auscultadores são mais pequenos e discretos do que a versão anterior e já estão disponíveis na loja online da marca. Em Portugal, custam 279 euros e vão estar disponíveis a partir de 30 de outubro, de acordo com informações da empresa.

Os novos auscultadores AirPods Pro têm um design diferente da versão lançada em 2016.Apple

É possível escolher um de três tamanhos de pontas flexíveis em silicone, para maior conforto do utilizador. Além disso, a empresa explica que cada auscultador tem agora um microfone orientado para o exterior, para detetar o som ambiente, ao mesmo tempo que é possível gerar uma onda sonora contrária que neutraliza o ruído exterior. Da mesma forma, “um microfone interior deteta e elimina os sons indesejáveis dentro do ouvido”.

“Quer ouvir o que se passa à sua volta? Basta premir o sensor de força na haste do auricular para alternar entre o cancelamento ativo de ruído e o ‘modo transparência’ para ouvir o som ambiente. Assim, pode prestar atenção ao que o rodeia e conversar com as pessoas à sua volta normalmente”, explica a Apple na página onde apresenta as novidades do produto.

Os novos auscultadores bluetooth da Apple trazem também novidades do ponto de vista da bateria e da caixa protetora. A empresa promete 4,5 horas de autonomia com um só carregamento dos auscultadores, assim como mais de 24 horas extra com carregamentos adicionais com a caixa protetora. Cinco minutos de carregamento na caixa dão para mais uma hora de autonomia, segundo cálculos da fabricante do iPhone.

A marca aposta assim na renovação dos AirPods com um novo design, depois de o produto ter alcançado sucesso global e levado as empresas concorrentes a lançarem opções alternativas. A Apple vendeu 38 milhões de unidades em 2018 e alguns analistas projetam um aumento na ordem dos 40% este ano, para os 50 milhões de unidades vendidas, sendo um dos drivers de crescimento da gigante norte-americana.

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Apple lança auscultadores AirPods Pro com novo design. Custam 279 euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião