Montenegro pede a Rio para chamar novo regime das PPP ao Parlamento

O candidato à liderança do PSD Luís Montenegro defendeu através da rede social Twitter que Rui Rio devia chamar o decreto-lei do Governo sobre novas regras das PPP para forçar o debate.

O candidato à liderança do PSD Luís Montenegro defende que Rui Rio, que além de presidente também está na corrida à liderança do partido, devia forçar o debate parlamentar do novo regime de Parcerias Público-Privadas (PPP), através de um pedido de apreciação parlamentar.

Através da rede social Twitter, o antigo presidente da bancada laranja afirma que “esta é uma má decisão de António Costa. É urgente que o PSD peça a apreciação parlamentar deste decreto-lei. Não o fazer é pactuar com o Governo que assim, aligeirando as regras das PPP, coloca em causa a garantia do interesse público”.

O Governo aprovou no Conselho de Ministros a 21 de novembro um decreto-lei que altera as regras das PPP. Sendo um decreto-lei, o diploma foi diretamente para Belém, tendo merecido o aval de Marcelo Rebelo de Sousa esta segunda-feira.

Entre as alterações previstas no diploma publicado na quarta-feira em Diário da República estão as seguintes:

Já há dois partidos — o Bloco de Esquerda e o CDS — que anunciaram que vão pedir a apreciação parlamentar do decreto-lei para que seja discutido pelos deputados.

O ECO contactou o PSD para saber se a direção do partido vai avançar com este pedido, mas até à publicação deste artigo não obteve resposta.

Comentários ({{ total }})

Montenegro pede a Rio para chamar novo regime das PPP ao Parlamento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião