Os anúncios que fazem as empresas brilhar neste Natal

Todos os anos as marcas investem grandes orçamentos nas campanhas de Natal. Uns mais emotivos, outros com mais humor, o ECO reuniu algumas das campanhas que estão a fazer as delícias dos espectadores.

O Natal é uma das alturas do ano em que as marcas mais apostam em campanhas publicitárias fortes. A época natalícia é sinónimo de emoção, companheirismo, solidariedade e de outros valores importantes que as empresas tentam comunicar para captar a atenção dos consumidores.

Todos os anos as marcas investem grandes orçamentos para gerar empatia com os clientes e este ano não é exceção. Por isso, o ECO reuniu algumas das campanhas que estão aquecer o coração dos portugueses, com o intuito de dar mais brilho à época natalícia.

  • “É Natal, tempo de fazer as pazes com o passado e abrir o presente”

Com o mote “É Natal, tempo de fazer as pazes com o passado e abrir o presente” e criada pela Wunderman Thompson, a Vodafone apela aos sentimentos mais nobres dos seres humanos: a capacidade de perdoar, a generosidade e a importância dos laços familiares. Com uma narrativa coberta de emoção e ao som de “Home Again”, de Michael Kiwanuka, o vídeo conta a história de dois irmãos que, enquanto pequenos sempre se deram bem mas, face às circunstâncias da vida, acabaram por desentender-se.

Devido ao afastamento, a mãe é forçada a passar o Natal em separado com cada um deles. Mas no final, há uma reviravolta e os dois irmãos acabam por voltar a encontrar-se e a fazer as pazes, porque o que conta é “dar uma nova oportunidade ao que é realmente importante”.

  • “Acredita e faz acreditar”

E porque o Natal é para os mais pequenos, a Nos criou uma campanha para que não deixemos de acreditar na magia da época natalícia. Com pouco mais de dois minutos, o vídeo retrata uma criança que, por diversas situações, acredita que se cruza com o Pai Natal e, em consequência disso, convence as restantes pessoas à sua volta a acreditarem na magia do Pai Natal. Com o som de fundo You gotta believe it [Tu tens de acreditar], de Nuno Maló. A ideia passa por transmitir o poder das ligações entre as pessoas e a força de acreditar.

  • Há presentes pelos quais esperamos a vida inteira”

Desta vez sem a presença de Cristiano Ronaldo e da robô Sophia, a campanha da Meo assinala o novo serviço de televisão da operadora de telecomunicações, que conta com a incorporação da Apple TV e integra outras funcionalidades já existentes na tecnologia da fabricante do iPhone. Sob o mote “há presentes pelos quais esperamos a vida inteira”, o anúncio retrata uma criança que está anos e anos à espera do presente ideal e só quando chega a adulto o consegue ter.

  • “Poupem agora para terem uma reforma mais descansada”

E não são só as operadoras de telecomunicações a investir em força nos anúncios publicitários. Sob o mote “Dê ouvidos ao Pai Natal”, o Banco Montepio insta os clientes a investirem num Plano de Poupança Reforma (PPR). No vídeo, com menos de um minuto, o Pai Natal admite que gosta muito “dos sorrisos das crianças e da alegria”, mas aconselha as pessoas a pouparem “agora para terem uma reforma mais descansada”.

  • “Sê criança neste Natal”

Mas não são só os anúncios portugueses que fazem as delícias dos internautas. No País de Gales, uma loja de bricolage chamada Hafod Hardware fez um anúncio que tem somado ragados elogios no Facebook. Ao som de “Forever Young”, o vídeo começa com um menino a levantar-se da cama para se dirigir à loja, onde irá realizar uma várias atividades, que vão desde limpar o balcão a embrulhar presentes, como se de um adulto se tratasse. O protagonista Arthur Jones tem apenas dois anos e é filho do dono da loja e responsável pelo anúncio.

“Ele é um menino muito inteligente e mentiria se dissesse que foi difícil convencê-lo a representar. Ele costuma visitar-me na loja, pelo que não lhe estávamos a pedir que fizesse coisas que já não tivesse feito antes”, contou Tom Jones, pai do Arthur ao Daily Mail (acesso livre, conteúdo em inglês). O tabloide adianta ainda que a produção, que faz inveja a grandes realizações, custou apenas 100 libras (cerca de 117 euros à taxa de câmbio atual).

  • “A amizade é sempre o melhor presente”

Nos últimos anos, o retalhista britânico John Lewis tem-nos habituado a anúncios emocionais acompanhados por protagonistas inesquecíveis e este ano, a marca decidiu apostar em Edgar, o dragão. O filme conta a história de um pequeno dragão que, quando se entusiasma, não consegue controlar os seus poderes criando situações desagradáveis para toda a aldeia. Com a ajuda da amiga Ava, acaba por reverter a situação e deixa uma mensagem: “A amizade é sempre o melhor presente!”, a assinatura da campanha que tem como música “Can’t Fight This Feeling”.

  • “Dê alguma coisa em coisa em troca este Natal. Por favor recicle”

Não poderia ser Natal sem os célebres anúncios da Coca-Cola. Numa altura em que se fala cada vez mais das consequências das alterações climáticas e que há metas concretas para a redução dos gases com efeito de estufa, a marca não foge ao tema. Ao som da conhecida música Holidays are Coming, a Coca-Cola decidiu recuperar a imagem antiga da marca, fazendo um trocadilho com a palavra reciclagem. Ainda assim, parece que este ano nem toda a gente ficou rendida ao anúncio. Segundo a Buzz (acesso condicionado, acesso livre) há vários comentários a criticarem a recuperação, sendo que num dos comentários citados pela publicação pode ler-se “qual é a música do anúncio da Coca-Cola? Não brinquem com um clássico”.

  • “Go Jumpers for Christmas”

A retalhista Marks & Spencer quer colocar toca a gente a dançar neste Natal e, por isso, lançou um anúncio onde mostra várias pessoas a executarem uma coreografia com base no “movimento de ombro” e com as suas camisolas vestidas. Ao som de Jump Around, de House of Pain, a campanha “Go Jumpersapela aos clientes do Reino Unido para que partilhem vídeos das suas tentativas a executarem a coreografia em causa. De acordo com o The Guardian (acesso livre, conteúdo em inglês), o anúncio apresenta 50 criações diferentes que custam entre 20 a 150 libras, além de uma jumper para cães.

  • “Faz o dia de alguém”

O anúncio de Natal da Apple tem um pouco de tudo: felicidade, divertimento e tristeza. Intitulado Holiday – The surprise, durante três minutos é possível acompanhar a vida de uma família no regresso à casa de família. À medida que o vídeo se desenrola é percetível a dificuldade que o avô tem em ultrapassar a morte da sua esposa. Por forma, a animarem o patriarca, as netas preparam um presente para o avô, onde é visível várias fotografias da família e onde pode ler-se: “A avó pode não estar aqui, mas nós continuamos todos juntos”.

  • “Boas férias em mais de 60 línguas. As renas são nenhuma. Ainda”

Os computadores da Microsoft estão equipados para traduzirem mais de 60 línguas diferentes e, por isso, a marca decidiu partir desse facto para produzir o seu anúncio de Natal. Neste campanha e com algum humor à mistura, a marca transmite a ideia de que as crianças querem ter a liberdade para serem compreendidas e, muitas vezes, precisam de ajuda para ultrapassarem as barreiras da comunicação inerentes à idade. No vídeo é possível ver uma menina muito curiosa que observa a sua mãe a comunicar com grande facilidade através do computador, apesar de os seus clientes terem uma língua diferente. Para seguir exemplo, a menina faz o mesmo e decide ir para a rua comunicar com renas com a ajuda do tradutor da Microsoft.

Comentários ({{ total }})

Os anúncios que fazem as empresas brilhar neste Natal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião