L’Oréal abre programa de estágios. Quer recrutar 15 pessoas

As candidaturas podem ser submetidas até 9 de fevereiro. A empresa procura 15 candidatos recém-formados em áreas como gestão, finanças, marketing e digital, e com paixão pelo setor da beleza.

Clara Trindade, diretora de recursos humanos da L’Oréal Portugal.Hugo Amaral/ECO

As candidaturas para o programa de estágios da L’Oréal Portugal já estão abertas e dirigem-se a jovens recém-formados nas áreas de gestão, finanças, marketing, digital e social media, logística, vendas, comunicação e recursos humanos. O “Join L” tem 15 vagas para uma experiência profissional de 6 a 12 meses, que terá início em março de 2020. As inscrições podem ser feitas aqui, até 9 de fevereiro.

Com este programa de estágios, a L’Oréal Portugal quer “impulsionar a aprendizagem e o desenvolvimento pessoal de jovens talentos, através da experiência de trabalho prática e através da participação em workshops, conferências e inúmeros projetos e iniciativas transversais, ligados ao negócio e/ou de responsabilidade social”. Cerca de 60% dos talentos da L’Oréal Portugal começou a sua carreira como estagiário na empresa”, sublinha a empresa em comunicado.

A L’Oréal procura candidatos com menos de um ano de experiência na área, com vontade de desenvolver uma carreira em bens de consumo, com sensibilidade para a área analítica e da beleza, que tenham espírito aventureiro e empreendedor, que tenham fortes competências interpessoais e de comunicação, e sejam fluentes em inglês.

“Comecei há 20 anos a minha carreira na L’Oréal Portugal e orgulho-me muito disso.Desde o início tive a liberdade de agarrar projetos ambiciosos e a oportunidade de aprender com líderes muito inspiradores que me deixaram arriscar sempre (…). A L’Oréal Portugal é uma empresa que acredita que o talento só se constrói quando se dá empowerment e se dá possibilidade de cada um deixar a sua marca pessoal”, afirma Cátia Martins, CEO da L’Oréal Portugal.

Os estágios são “feitos à medida” de cada um, garante a L’Oréal. Por isso, será dada “a oportunidade de trabalhar em projetos de forma autónoma, com o apoio e know-how das equipas, podendo ainda fazer parte de projetos transversais com equipas diversificadas, incentivando a partilha de ideias e de novas formas de trabalhar”, esclarece a L’Oréal Portugal. “Esta é uma experiência possível de ser vivida neste programa de estágio único onde convidamos jovens ambiciosos com espírito empreendedor e coragem para correr riscos”, acrescenta a CEO.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

L’Oréal abre programa de estágios. Quer recrutar 15 pessoas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião