Mais de 70 empresas sustentáveis vão recrutar à Coimbra Business School

A 10 e 11 de março, a 7ª. edição da CBS Business Week 2020 vai receber mais de 70 empresas que têm a sustentabilidade como foco do seu negócio. Terão disponíveis 600 ofertas de emprego e estágios.

A 7ª. edição da CBS Business Week 2020 vai acolher mais de 70 empresas, a 10 e 11 de março, que terão disponíveis 600 ofertas de emprego e estágios para os finalistas da universidade. Este ano, a feira de emprego organizada pela Escola de Negócios de Coimbra vai dar destaque a empresas que fazem da economia circular e da sustentabilidade ambiental o seu mercado principal, tal como a EDP, a Deloitte, a Critical Software, a Visabeira, a Altice ou a Altri.

“Estamos muito empenhados em preparar os nossos estudantes para uma nova economia feita de empresas que terão de estar à altura de três exigências: produtividade; baixo impacto carbónico; e competitividade no mercado global”, afirma Pedro Costa, presidente da Coimbra Business School. “Não basta só produzir bens e serviços sustentáveis: as próprias empresas terão de ser sustentáveis do ponto de vista económico, do ponto de vista financeiro e do ponto de vista do emprego.”

Durante os dois dias, as empresas vão dar a conhecer ofertas de emprego nas áreas de formação da escola de negócios de Coimbra, entre elas contabilidade, auditoria, fiscalidade, gestão e administração, direito e informática.

Nesta edição, são convidados o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, vice-presidente da Confederação da Empresarial de Portugal (CIP), Óscar Gaspar e o presidente da Aliança para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável Portugal, Mário Parra da Silva, para explicar de que forma a descarbonização da economia vai moldar os modelos de negócio. Além do tema central, os alunos poderão ficar a saber mais sobre empreendedorismo, inovação, estágios internacionais — com a representante da UE Careers –, e estágios profissionais, como o programa Inov Contacto.

“Este ano convidámos empresas que têm na inovação e na diminuição da pegada ambiental o principal valor dos seus negócios. Fizemo-lo porque, no futuro, todos os setores vão ter de criar bens e serviços que sejam sustentáveis”, afirma Paulo Fernandes, da associação de estudantes da Coimbra Business School e um dos responsáveis pela organização da CBS Business Week. “O nosso objetivo é que nós e os nossos colegas possamos fazer estágios ou ter os primeiros empregos em empresas que, para além de produzirem bens e serviços sustentáveis, sejam também competitivas e estejam a crescer, precisando de novos quadros”, sublinha.

No último dia, o encerramento ficará a cargo do ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mais de 70 empresas sustentáveis vão recrutar à Coimbra Business School

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião