Facebook tem 100 milhões de dólares para ajudar pequenas empresas

A rede social anunciou esta terça-feira que tem cerca de 90 milhões de euros para 30.000 pequenas empresas em mais de 30 países. O objetivo é reforçar a resiliência destes negócios em tempo de crise.

O Facebook quer ajudar os pequenos negócios a ultrapassar a crise que poderá chegar com o aumento da propagação do novo coronavírus. Esta terça-feira, a chefe de operações do Facebook, Sheryl Sandberg, anunciou na sua página oficial que a empresa vai disponibilizar 100 milhões de dólares — o equivalente a cerca de 90 milhões de euros — para ajudar 30.000 pequenos negócios em mais de 30 países. O Facebook ainda não especificou que tipo de empresas serão elegíveis para estes subsídios, mas as candidaturas abrem na próxima semana.

O objetivo é dar apoio financeiro às empresas, ajudando os gestores e os trabalhadores a adaptarem-se as novos modelos de trabalho, a cobrir os custos de rendas e outros custos operacionais que possam surgir em tempo de crise. Para isso, o Facebook prevê apostar em formações online e programas de e-learning, conduzidos pelos próprios profissionais do Facebook.

O Facebook criou também o Business Resource Hub (Centro de Recursos para Pequenas Empresas), onde agrega informação e dicas para as empresas ultrapassarem os desafios que surgem com o surto do Covid-19.

“Nas últimas semanas, vimos exemplos inspirados de entreajuda, por parte de indivíduos e grupos. Um pouco por todo o mundo, as pessoas estão a intervir devido ao enorme desafio que temos pela frente. Também queremos fazer a nossa parte. Os pequenos negócios são o pulso das nossas comunidades, e muitos dos que gerem esses negócios estão a ser fortemente afetados pela crise –– especialmente num momento em que cada vez mais pessoas têm de ficar em casa. À medida que a crise aumenta, maiores são os riscos para os pequenos negócios e para as vidas dos seus gestores e trabalhadores”, lê-se na publicação de Sheryl Sandberg.

Também na passada sexta-feira, o presidente do Facebook, Mark Zuckerberg anunciou na página oficial o lançamento de uma angariação de fundos de 10 milhões de dólares para a Fundação das Nações Unidas (United Nations Foundation) e de outros 10 milhões de dólares para a CDCFoundation. No início do mês, Mark Zuckerberg deu à Organização Mundial de Saúde (OMS) a possibilidade de fazer publicidade no Faceboook sem qualquer custo.

“Muitas pessoas disseram-nos que querem ajudar a combater o coronavírus, mas não sabem como, por isso, trabalhámos com a Fundação das Nações Unidas e a Organização Mundial de Saúde para criar um fundo de resposta solidária Covid-19, onde qualquer pessoa pode fazer uma doação”, escreveu Mark Zuckerberg.

A Direção-Geral da Saúde revelou esta terça-feira que há 117 novos casos de infeção pelo novo coronavírus em Portugal. São 448 o número de casos já confirmados no país.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Facebook tem 100 milhões de dólares para ajudar pequenas empresas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião