Helexia vai instalar 39 carregadores elétricos em nove lojas Auchan

De Norte a Sul, a Helexia vai instalar 39 carregadores elétricos em nove lojas da Auchan. O objetivo é chegar a todos os espaços da retalhista.

Nem o Covid-19 impediu a Helexia de apostar na mobilidade elétrica. A multinacional de energias renováveis vai instalar 39 carregadores elétricos em nove lojas da Auchan, sendo que o objetivo é instalar postos de carregamento nas 30 lojas da marca no próximo ano, avança ao ECO, o CEO da empresa, Luís Pinho.

“Entramos no negócio da mobilidade elétrica e vamos inaugurar os primeiros postos de carregamento no Auchan, em Alverca, que vai servir como piloto para as restantes localizações”, explica Luís Pinho. Esta infraestrutura tem a capacidade de carregar 12 carros em simultâneo e é composta por seis carregadores: dois carregadores rápidos (50 quilowatts) mais quatro carregadores normais (22 quilowatts).

Para além da loja da Auchan em Alverca, a Helexia vai instalar carregadores elétricos nas lojas de Paço de Arcos (6 carregadores) Maia (6), Sintra (6), Eiras (3), Castelo Branco (3), Famalicão (3), Lagoa (3) e Sinto Tirso (3). Um investimento de 600 mil euros, revela o CEO da Helexia.

Covid-19 condiciona operações

Luís Pinho confessa que o Covid-19 veio condicionar o “deadline” na capacidade de construção e instalação dos carregadores elétricos nas outras oito localizações. “Temos preferência por equipamentos made in Portugal e temos alguns atrasos não só no fornecimento dos equipamentos como na capacidade das equipas”, refere o CEO da Helexia. Mesmo com estes constrangimentos, o CEO da empresa, prevê finalizar as infraestruturas nas nove localizações em setembro.

O nosso objetivo para este ano é conseguirmos instalar 150 carregadores. Uma previsão de investimento na ordem dos dois milhões de euros.

Luís Pinho

CEO da Helexia

O investimento na instalação dos carregadores elétricos é realizado pela Helexia, assim como a gestão e manutenção. “Realizamos o investimento necessário na infraestrutura de carregamento (obra, carregadores, operação e manutenção), temos um contrato de cinco anos, neste caso com a Auchan, e existe uma partilha de receita com o hospedeiro”, explica o CEO da Helexia.

A Helexia está presente em sete países, mas é em Portugal que decide avançar com esta aposta na mobilidade elétrica. Apesar do objetivo do grupo ser aplicar este modelo nos restantes países onde o grupo está presente.

Quanto aos planos para um futuro próximo, a Helexia tenciona alargar a rede de pontos de carregamento em outros espaços comerciais. “Quando falamos em mobilidade elétrica o nosso objetivo para este ano é conseguirmos instalar 150 carregadores e uma previsão de investimento na ordem dos dois milhões de euros”, conclui o CEO da empresa.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Helexia vai instalar 39 carregadores elétricos em nove lojas Auchan

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião