Google Trends: Benfica e Sporting marcam golo nas pesquisas dos portugueses

  • Tiago Lopes
  • 1 Agosto 2020

O derby da última jornada marcou a atualidade cá dentro. Lá fora, o Twitter não perdoou Trump. Nos negócios, a Google prolongou o teletrabalho até julho de 2021.

Apesar de o campeonato já estar decidido, a última jornada foi marcada por um intenso derby entre Benfica e Sporting, acabando por ser o tema mais pesquisado pelos portugueses no Google esta semana. A decisão do Twitter de apagar um vídeo que o presidente dos Estados Unidos tinha publicado também não passou ao lado do interesse dos portugueses. Nos negócios, a Google decidiu prolongar o teletrabalho até ao verão de 2021.

Cá dentro

Um derby é sempre um derby, mesmo quando já não há muitas decisões em jogo. É verdade que o Sporting ainda sonhava com o terceiro lugar do campeonato, mas o campeão já tinha ficado decidido a três jornadas do final do campeonato, com o FC Porto a conquistar o 29.º troféu.

Ainda assim, o jogo que colocou Benfica e Sporting frente a frente foi o tema que mais interesse despertou aos portugueses na semana que agora terminou. No final dos 90 minutos, os “encarnados” venceram por 2-1 e atiraram o Sporting para fora do pódio, depois de o Braga ter vencido o campeão nacional pelo mesmo resultado.

Na segunda posição do top de pesquisas no Google surge a curiosidade em torno do Dia dos Avós, que gerou mais de 200 mil pesquisas no popular motor de busca. Nas redes sociais, a data também não passou desperecida e foram muitos os utilizadores a partilharem conteúdos para assinalar a efeméride.

O ator Bruno Candé foi assassinado na Avenida de Moscavide, em Lisboa, no sábado passado, num crime com contornos racistas. Durante a semana, foram muitas as reações à morte do ator, com o BE a exigir o apuramento das motivações deste homicídio.

O incêndio em Oleiros, no distrito de Castelo Branco, que colocou três aldeias em risco, e levou quase mil bombeiros para o teatro de operações, foi outro tópico com muitas pesquisas no Google. Do incêndio resultaram sete pessoas feridas, entre as quais dois bombeiros com ferimentos graves.

O regresso de Paulo Rocha à SIC neste intenso mercado de verão das televisões portuguesas fecha o top 5 das pesquisas no Google. O ator esteve dez anos a trabalhar nas novelas da Globo e disse que umas das razões que o levou a regressar a Portugal foi o facto de as novelas estarem interrompidas no Brasil devido à pandemia de Covid-19.

“É um regresso muito feliz, tentámos durante algum tempo e conseguimos. É um projeto que me está a deixar entusiasmado e não vejo a hora de chegar e arregaçar as mangas e ver colegas com quem não privo há muito tempo, estou muito animado”, afirmou.

Lá fora

  1. Trump dá cheque de 1.200 dólares. Com as eleições no Estados Unidos cada vez mais próximas, Donald Trump anunciou um novo pacote no valor de um bilião de dólares que visa combater os efeitos económicos resultantes da pandemia. “Está a chegar um cheque de 1.200 dólares que fará parte do novo pacote”, disse Larry Kudlow, assessor económico da Casa Branca, em entrevista à CNN.
  2. Michelle Bolsonaro com Covid-19. Depois de o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, ter sido infetado com Covid-19, agora foi a esposa a revelar que também foi infetada. O anúncio surge poucos dias depois de o presidente brasileiro ter anunciado que já recuperou da doença, depois de vários testes negativos.
  3. Trump e os fake vídeos. Trump voltou a envolver-se em polémicas nas redes sociais. Esta semana, o Twitter voltou a “enviar” um recado ao presidente dos Estados Unidos, ao retirar um vídeo que tinha sido publicado na sua conta por, segundo a empresa, divulgar informações falsas acerca do novo coronavírus. “Os tweets que acompanham o vídeo violam a nossa política de combate à desinformação sobre a Covid-19”, justificou um porta-voz da rede social.

Nos negócios

  1. Google em teletrabalho até 2021. A gigante de tecnologia norte-americana anunciou que vai apontar o regresso ao escritório lá para o verão de 2021, devido ao novo coronavírus. A medida abrange os cerca de 200 mil trabalhadores do grupo.
  2. Huawei ultrapassa Samsung. Pela primeira vez num espaço de nove anos, o primeiro lugar do pódio nas vendas de telemóveis não foi ocupado pela Apple ou pela Samsung. A Huawei vendeu 55,8 milhões de telemóveis entre abril e junho e tornou-se líder na venda destes equipamentos, numa altura em que as vendas retomam na China mas esfriaram no resto do mundo.
  3. PIB dos EUA com queda histórica. A economia norte-americana afundou 32,9% em termos homólogos no segundo trimestre, uma consequência da pandemia de Covid-19. É a maior queda registada nos Estados Unidos desde os anos 40.

Nota: A Google Trends é uma rubrica semanal, publicada todos os sábados, que resume os temas mais populares da internet com base na ferramenta homónima da Google. É assinada pelo jornalista do ECO Tiago Lopes.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Google Trends: Benfica e Sporting marcam golo nas pesquisas dos portugueses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião