À procura de emprego? Job Summit lança edição para todas as idades

  • Pessoas
  • 8 Outubro 2020

A 5.ª edição da feira de emprego virtual Job Summit é aberta a candidatos de todas as idades. A Decathlon, a EDP e ao Exército são algumas das instituições já confirmadas para a edição deste ano.

A 5.ª edição da feira de emprego virtual Job Summit vai acontecer a 14 e 15 de outubro e, este ano, é aberta a participantes de todas as idades e setores de atividade. Durante dois dias, os candidatos podem falar em tempo real com potenciais recrutadores, através de chats públicos e privados. Já estão confirmadas mais de 20 empresas, da indústria às tecnologias de informação, e mais de 4.200 candidatos inscritos. As ações de recrutamento decorrem entre as 9h00 e as 20h00.

Durante os dois dias, os candidatos podem “navegar” pela feira virtual, descarregar conteúdos informativos sobre as empresas, conhecer os recrutadores, candidatar-se às vagas em aberto e agendar entrevistas.

“Após o feedback positivo recebido das quatro edições generalistas e das duas segmentadas (turismo e universitária) e o momento atual do mercado de trabalho devido à pandemia causada pela Covid-19, acreditamos que este tipo de evento pode auxiliar empresas e candidatos. Ao longo de todas as edições, contámos com mais de 55 mil candidatos inscritos, cerca de 100 mil candidaturas e mais de 208 empresas participantes, em que 90% dos candidatos afirmou que voltaria a participar”, refere a organização em comunicado.

A participação é gratuita e as inscrições podem ser feitas no site do evento.

Conheça as empresas já confirmadas:

  • Webhelp
  • Exército Português
  • Decathlon
  • EDP
  • REMAX Group Vantagem
  • United REMAX
  • Lactogal
  • Arquiconsult
  • Celfocus
  • Claranet
  • Fujitsu
  • Betting Connections
  • Concept – Sistemas de Informação
  • Intelac
  • Finders
  • Get The Job
  • Multipessoal
  • S&You
  • Synergie
  • SpotOn Connections
  • Telepizza
  • Clarel
  • Minipreço (Grupo Dia)
  • International SOS
  • BNP Paribas
  • Finsolutia
  • Mercer Portugal
  • Planning4life

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

À procura de emprego? Job Summit lança edição para todas as idades

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião