Triun reforça aposta e compra 23% da Media Capital

  • ECO
  • 2 Novembro 2020

A Triun fechou a compra de 23% da Media Capital, um reforço face aos 20% que tinha acordado comprar aos espanhóis da Prisa.

A Triun já concretizou a entrada no capital da dona da TVI. Mas a empresa liderada por Paulo Gaspar, administrador da Lusiaves, adquiriu 23% da Media Capital, e não os 20% que estavam inicialmente acordados com os espanhóis da Prisa.

“A Triun […] informa que em virtude da aplicação dos referidos dispositivos legais que lhe são imputáveis, [adquiriu] um total de 19.437.996 de ações, representativas de 23% do capital da sociedade e direitos de voto da sociedade Grupo Media Capital”, lê-se num comunicado enviado à CMVM. O ECO sabe que as vendas da posição da Prisa em vários blocos poderão ser anunciadas nas próximas 24 horas.

Pelos acordos que foram sendo anunciados pela Prisa com vários potenciais compradores durante o mês de setembro, a Triun ficaria com 20%. Entre os restantes compradores está ainda a Zenithodyssey (16%), Biz Partners (cerca de 11,97%), entre vários outros investidores, onde se inclui a apresentadora de Cristina Ferreira, que entretanto voltou à antena da TVI.

A notícia do reforço da Triun e da venda de 23% da Media Capital tinha sido avançada na tarde desta segunda-feira pelo Expresso (acesso pago).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Triun reforça aposta e compra 23% da Media Capital

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião