António Costa anuncia às 18h as novas medidas contra a Covid-19

O primeiro-ministro vai dar uma conferência de imprensa esta tarde, às 18h, onde vai anunciar as medidas que entrarão em vigor, depois de ter sido renovado o estado de emergência.

António Costa vai anunciar ao país as medidas que estarão em vigor, agora que foi renovado o estado de emergência por mais 15 dias. O anúncio vai ser feito este sábado, às 18h, em conferência de imprensa, anunciou o Gabinete de António Costa.

Um dia depois de o Parlamento ter aprovado a renovação do estado de emergência, serão conhecidas as medidas que vigorarão nos próximos 15 dias. De acordo com as reuniões que os partidos com assento parlamentar foram tendo com Marcelo Rebelo de Sousa, que foi quem pediu este prolongamento até 8 de dezembro, deverão continuar a existir horários de recolher obrigatório e os concelhos serão divididos por níveis de risco.

Esta sexta-feira, num anúncio ao país, o Presidente da República avisou os portugueses de que poderá ser necessário o país continuar em estado de emergência durante todo o mês de dezembro, incluindo no Natal, para travar uma terceira vaga em janeiro de 2021.

Além disso, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que “é provável que uma nova subida de casos, uma terceira vaga, possa ocorrer entre janeiro ou fevereiro. E será tanto maior quanto o número de casos um mês antes”. E, apelando ao distanciamento social, avisou que, no que depender do Presidente da República, o estado de emergência é para manter enquanto “for necessário” para o combate à pandemia.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

António Costa anuncia às 18h as novas medidas contra a Covid-19

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião