5 coisas que vão marcar o dia

É dia de saber como andam a evoluir os depósitos bancários e os empréstimos. E também esta sexta-feira, a DGO dá a conhecer a síntese de execução orçamental.

Esta sexta-feira promete ficar marcada pela divulgação da síntese de execução orçamental e pelos dados relativos aos depósitos bancários e empréstimos. É dia também de o ministro da Economia participar no Fórum do Mercado Único e do Eurostat divulgar dados sobre dormidas em alojamentos turísticos. A partir das 15h, a Área Metropolitana de Lisboa ficará fechada, mas há exceções.

DGO divulga síntese de execução orçamental

A Direção-Geral do Orçamento divulga, esta sexta-feira, a síntese de execução orçamental relativa a maio de 2021. Até abril, as Administrações Públicas registavam um défice de 4.845 milhões de euros em contabilidade pública, mais 3.148 milhões de euros do que no mesmo período do ano passado. Na altura, o Governo justificou esse agravamento com o impacto do confinamento e da resposta à pandemia, nomeadamente as medidas extraordinárias de apoio às famílias e empresas.

Como estão a evoluir os empréstimos e depósitos?

O Banco de Portugal dá a conhecer, esta sexta-feira, os dados sobre a evolução dos empréstimos e depósitos bancários relativos a maio. Em abril, os depósitos bancários das famílias atingiram um novo máximo, fixando-se em 165,5 mil milhões de euros. Aliás, desde que a pandemia se instalou em Portugal que a tendência tem sido crescente a esse nível. A única exceção foi em agosto de 2020.

Turismo sofre com pandemia

O Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat) divulga, esta sexta-feira, o número de dormidas por turistas em alojamentos registadas no primeiro trimestre de 2021, período marcado pelo agravamento da pandemia e, consequentemente, pelo endurecimento das restrições. Por cá, o Instituto Nacional de Estatística já adiantou que as dormidas nos alojamentos turísticos em Portugal caíram 80% nos primeiros três meses do ano.

Siza participa no Fórum do Mercado Único

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, vai participar, esta sexta-feira, no Fórum do Mercado Único (SIMFO), evento anual no qual cidadãos, legisladores e empresários discutem a implementação do mercado único europeu. O tema deste ano é a recuperação pós pandemia, pelo que serão debatidos os desafios da recuperação económica das empresas, que passam também pela aposta na dupla transição ecológica e digital. A iniciativa é organizada pela Comissão Europeia e pela Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia.

Lisboa fechada a partir das 15h00

O Governo decidiu prolongar a proibição de circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa, de modo a conter a propagação do vírus pandémica. Assim, a partir das 15h00 desta sexta-feira e até às 6h00 de dia 28, é proibido entrar ou sair da região em causa. É, no entanto, admitida a circulação mediante apresentação de comprovativo de realização laboratorial de teste para despiste da infeção por SARS-CoV-2 com resultado negativo ou, alternativamente, mediante apresentação do Certificado Digital Covid da União Europeia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião