Nos é a primeira operadora a lançar 5G em Portugal

A Nos já recebeu da Anacom a licença para a exploração do 5G, sendo a primeira operadora do país a lançar uma oferta comercial. Portugal é o penúltimo país da União Europeia a chegar à quinta geração.

A Nos anunciou esta sexta-feira ser “o primeiro operador a lançar” a tecnologia 5G em Portugal. Num comunicado, a empresa comandada por Miguel Almeida avança que a rede móvel de quinta geração já está acessível aos clientes do tarifário “Sem Limites Max” e “sem necessidade de qualquer ativação”.

Noutra nota enviada à imprensa, a Anacom confirma ter entregado à Nos a primeira licença de 5G. Afirmando que a empresa efetuou o pagamento dos direitos de utilização, o regulador informa que a Nos “pode dar início à exploração comercial das frequências atribuídas”.

O primeiro tarifário 5G em Portugal tem um custo base de 49,99 euros por mês. Esta sexta-feira, a empresa anuncia uma campanha de Black Friday, oferecendo as assinaturas a 39,99 euros mensais. O ECO noticiou esta semana que também a Meo está a aceitar pré-assinaturas de 5G por 30 euros por ano, valor a que se soma a mensalidade base do tarifário subscrito pelo utilizador.

Na quinta-feira, a Anacom avançou que as licenças de 5G já tinham sido pagas pela Dense Air, Nos e Vodafone. O facto de a Meo não estar nessa lista não passou despercebido no setor. Da mesma forma, o anúncio da Nos no mês passado, clamando-se “vencedora” do leilão, indiciou que a empresa estará a tentar posicionar-se como líder de mercado neste segmento.

Se o vai conseguir, ainda é cedo para dizer. Certo é que a notícia faz de Portugal o penúltimo país da União Europeia a ter oferta comercial de quinta geração — e a Lituânia, que se prepara agora para iniciar o leilão, deverá ser o último. Se a 8 de novembro o ECO noticiou que “só com sorte é que Portugal tem 5G este ano”, fazendo eco da dificuldade de se alinharem vários prazos entre as diferentes partes envolvidas, o facto de o 5G chegar ainda em novembro mostra a celeridade que empresas e regulador imprimiram nesta reta final do processo.

Apesar da notícia, as ações da Nos caem 1,35% esta sexta-feira, cotando a 3,36 euros, num dia em que os mercados de capitais em geral foram fortemente impactados pela descoberta de uma nova variante do coronavírus.

5G disponível em todas as capitais de distrito

“A partir de hoje [26 de novembro], clientes Nos em todo o país já podem tirar partido das características únicas do 5G, beneficiando de uma experiência de utilização superior”, promete a empresa no comunicado. A nota não diz, contudo, em que locais exatos do país a Nos já tem cobertura, nem refere quantas estações base já foram instaladas pela empresa.

É público que a operadora instalou cobertura 5G em Matosinhos, no Estádio da Luz, no Hospital da Luz e no armazém da Sumol+Compal em Almeirim. A lista completa deverá ser bem mais extensa. Fonte oficial da Nos disse ao ECO que a rede 5G já está disponível em todas as capitais de distrito de Portugal.

Para acederem à rede 5G da Nos, não bastará aos clientes terem o tarifário indicado. É preciso ter um telemóvel que suporte a nova tecnologia. A chegada do 5G a tempo do Natal sinaliza que as campanhas comerciais deverão acelerar em dezembro, à medida que as marcas tentam renovar o parque de smartphones no país, colocando telemóveis mais modernos, e potencialmente mais caros, nos bolsos dos portugueses.

“Vamos, finalmente, poder entregar aos portugueses a tecnologia que vai transformar tudo e abrir possibilidades até aqui nunca imaginadas. O 5G será um pilar central no processo de transição digital da sociedade portuguesa e no reforço da competitividade da nossa economia. Com um ambicioso plano de investimento, a Nos assume a liderança desta nova era, ao serviço do país e dos nossos clientes”, reage Miguel Almeida, citado em comunicado.

A empresa aplicou 165,091 milhões de euros no longo leilão do 5G, tendo sido a concorrente que mais investiu na aquisição de frequências.

(Notícia atualizada pela última vez às 16h06)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nos é a primeira operadora a lançar 5G em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião