Altri aumenta preço da pasta de papel pela quarta vez este ano

Papeleira portuguesa decidiu acompanhar a subida dos preços da pasta de papel realizada pela líder mundial, a brasileira Suzano.

A Altri ALTR 2,59% vai aumentar o preço da pasta do papel em 50 dólares por tonelada, naquela que é a quarta subida este ano, adiantou fonte oficial da empresa ao ECO.

O preço da pasta passa para 1.300 dólares por tonelada para a Europa e para 1.520 dólares para a América do Norte, isto depois dos aumentos feitos em fevereiro e março (subidas de 30 dólares) e em abril (50 dólares).

Contas feitas, a Altri já agravou o preço da pasta de papel em 160 dólares por tonelada desde o início do ano, perante, entre outros fatores, o impacto da invasão russa à Ucrânia.

A decisão de subir o preço da pasta de papel surge depois de a brasileira Suzano, a maior produtora mundial de pasta branqueada de eucalipto (BEK), ter anunciado que vai aumentar os preços entre 50 dólares (na Europa) a 60 dólares (na América do Norte) por tonelada a partir de maio, de acordo com o site Fastmarkets. A Altri decidiu seguir-lhe as pisadas.

“A Altri vai acompanhar este aumento de preços”, adiantou fonte oficial da papeleira portuguesa ao ECO.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Altri aumenta preço da pasta de papel pela quarta vez este ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião