Air France-KLM passa de lucro a prejuízo de 552 milhões até março

  • Lusa
  • 5 Maio 2022

Companhia franco holandesa admite, no entanto, “estar otimista” quanto ao equilíbrio das contas, já que regista um aumento da sua atividade desde março.

A Air France-KLM anunciou esta quinta-feira que teve um prejuízo de 552 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, que compara com um lucro de 1.481 milhões em idêntico período do ano anterior. A companhia aérea franco holandesa admite, no entanto, “estar otimista” quanto ao equilíbrio das contas, já que regista um aumento da sua atividade desde março deste ano e conta com perspetivas positivas para o verão.

O resultado operacional também foi negativo, em 350 milhões de euros, mas o “buraco” foi claramente inferior aos 1.179 milhões registados nos primeiros três meses do ano passado. Quanto ao resultado operacional bruto (EBITDA), este foi positivo no primeiro trimestre deste ano, tal como nos últimos três meses do ano passado, cifrando-se em 221 milhões de euros.

O volume de negócios, por sua vez, mais do que duplicou em relação ao primeiro trimestre do ano passado, isto é, 2,06 vezes mais, para 4.445 milhões de euros, graças ao aumento do número de passageiros que triplicou para 15,58 milhões.

O grupo, que tem participação dos Estados francês e holandês, está a trabalhar para fortalecer a sua situação financeira com medidas como um aumento de capital com direitos preferenciais para os seus atuais acionistas ou a emissão de títulos para, entre outros aspetos, acelerar o reembolso dos fundos públicos de ajuda que recebeu durante a crise.

Estas medidas poderão representar até 4.000 milhões de euros num calendário que dependerá das “condições de mercado”, mas também da obtenção da aprovação da Comissão Europeia, salienta a transportadora aérea.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Air France-KLM passa de lucro a prejuízo de 552 milhões até março

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião