Quem é Mark Bourke e que desafios terá à frente do Novobancopremium

Irlandês chegou ao Novobanco em 2019 e fez questão de conhecer pessoalmente todos os trabalhadores com quem ia trabalhar diariamente. Bem humorado. Chega a CEO com a missão de vender o banco.

Em 2019, assim que assumiu o lugar de administrador financeiro no Novobanco, Mark Bourkefez questão de falar individualmente com todos os colaboradores dos departamentos que ia tutelar para os conhecer e perceber quais eram as suas expectativas. Tem bom trato. “É bem visto dentro do banco”, diz um diretor ao ECO. Passados três anos, o irlandês, prestes a completar 57 anos, chega a um dos cargos mais polémicos na banca nacional, alvo da ira política e da desconfiança da concorrência por causa do mesmo tema: as injeções milionárias que o Fundo de Resolução tem feito no que de bom sobrou do BES. Mark Bourke é bem-humorado. Gosta de golfe e de kitesurf. Entende melhor português do que fala, mas tem feito esforço para aprender a nossa língua. É um tradicional irlandês: descontraído e não

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos