Apple está a trabalhar no tratamento da diabetes

A fabricante do iPhone tem uma equipa a trabalhar em sensores que detetem os níveis de glucose no sangue sem a necessidade de perfurar a pele. Projeto terá sido idealizado por Steve Jobs.

Poderá o Apple Watch medir os níveis de glucose no sangue?Pixabay

A Apple tem uma equipa de engenheiros biomédicos a desenvolver tecnologia para ajudar no tratamento da diabetes. A fabricante do iPhone tem planos para desenvolver sensores não invasivos que medem os níveis de açúcar no sangue, avançou esta quinta-feira a CNBC, citando três fontes próximas do assunto. A equipa estará a trabalhar num escritório descaracterizado em Palo Alto, na Califórnia, a alguns quilómetros da sede da empresa em Cupertino.

Segundo o canal, o projeto decorre há já cinco anos e terá sido ideia de Steve Jobs, o histórico fundador e presidente executivo da empresa. Jobs morreu em 2011, vítima de cancro. Segundo a CNBC, o antigo líder terá idealizado um futuro em que aparelhos semelhantes aos atuais smartwatches podem ser usados para medir sinais vitais e outras variáveis como os níveis de oxigénio e de glucose no sangue.

Cerca de três dezenas de pessoas estariam a trabalhar nesse projeto secreto há um ano. No entanto, as atenções foram despertadas quando, recentemente, a Apple decidiu contratar cerca de uma dezena de engenheiros biomédicos de empresas conhecidas do setor. Segundo as fontes da CNBC, alguns desses peritos juntaram-se a essa equipa e outros foram agregados à mesma equipa que trabalha no desenvolvimento do Apple Watch.

A intenção da Apple não é propriamente uma novidade, tendo em conta que outras empresas já tentaram desenvolver estes sensores. No entanto, nenhuma teve sucesso. Medir os níveis de glucose no sangue sem perfurar a pele não é tarefa fácil, e o que a Apple tenciona fazer é, possivelmente, desenvolver esta tecnologia para aplicar no seu próprio relógio inteligente.

Embora se desconheça no que a marca está a trabalhar em concreto, uma fonte disse à CNBC que a Apple está a trabalhar em sensores óticos que medem esses níveis mediante um feixe de luz que atravessa a pele.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Apple está a trabalhar no tratamento da diabetes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião