12 aplicações para aproveitar o verão ao máximo

  • ECO
  • 17 Junho 2017

Com os termómetros acima dos 30 graus, a tecnológica portuguesa Aptoide selecionou 12 aplicações para planear as tão aguardadas férias de verão. Experimente-as.

Com os termómetros acima dos 30 graus e os dias bem mais longos, os portugueses já suspiraram pelas merecidas férias de verão. O problema é que muitas vezes não é fácil saber quando comprar os bilhetes de avião mais baratos, descobrir um passeio diferente em segundos ou saber qual o hotel que faz melhores descontos para crianças ou também aceita o cão como hóspede. A boa notícia é que existem milhares de aplicações para isto e muito mais.

A Aptoide, uma startup portuguesa que já conta com 150 milhões de utilizadores em todo o mundo, propõe-se a dar uma ajuda nessa tarefa. Por isso, compôs um autêntico menu de aplicações para smartphone ou tablet Android, para que, assim, consiga tirar o melhor partido deste verão, dentro ou fora de Portugal. Para as experimentar, instale a Aptoide e abra as ligações. Quais as suas preferidas?

Holiday Pirates

Esta é uma app ideal para quem procura voos e hotéis baratos ou vales de viagem. A Holiday Pirates é fácil de usar, permite navegar facilmente pelas ofertas de viagem e ainda definir os próprios alertas de viagem. Além disso, o utilizador pode receber notificações sobre um feriado de sonho ou um voo para uma determinada cidade dentro do orçamento estipulado. É ainda possível alugar carros e comprar bilhetes para transportes públicos.

Windguru

E porque é muito importante saber com que tempo contar, nada melhor que descarregar a app de previsão meteorológica local WindGURU.com. Esta aplicação permite receber notificações, verificar as marés e partilhar as previsões meteorológicas com os amigos.

B612 – Selfiegenic Camera

Claro que não poderia faltar uma aplicação que permitisse tirar as melhores selfies das férias. Esta app permite ainda colocar stickers divertidos e filtros de realidade aumentada que adicionam glamour às fotos sem qualquer esforço e dão vida aos fundos aborrecidos. A B612 lidera o ranking na categoria de fotos das lojas de aplicações em 52 países, contando com mais de 300 milhões de utilizadores em todo o mundo.

PicsArt Photo Studio & Collage

Para quem gosta mesmo de fotografia, a Aptoide sugere este editor de fotos para telemóvel gratuito. Com 400 milhões de instalações, o PicsArt é fácil de usar, conta com ferramentas, efeitos, colagens, biblioteca de clipart gratuitas, milhões de adesivos criados pelos utilizadores e ferramentas de desenho. Depois pode colocar a sua criação diretamente no Instagram ou partilhá-la apenas com os seus amigos.

Tastemade

Se prefere descontrair a cozinhar pratos inovadores, a Aptoide aconselha a Tastemade. Esta app reúne programas de culinária, viagens inspiradoras e receitas saborosas com passo a passo em vídeo. Divirta-se ainda com os mais talentosos cozinheiros e viajantes da Tastemade.

Vivino Wine Scanner

Como não podia faltar, para acompanhar uma boa refeição é preciso saber que vinho escolher. Através da Vivino Wine Scanner é possível saber qual o vinho que deverá acompanhar determinado prato. Para utilizar a app, basta tirar uma foto do rótulo de qualquer vinho ou carta de vinhos de um restaurante, e instantaneamente, surgem as classificações, opiniões, preço, notas de degustação e harmonização com os pratos Com 19 milhões de utilizadores, a Vivino é a maior comunidade de vinhos do mundo.

Pocket

Férias também são sinónimo de colocar a leitura em dia. Uma das sugestões da Aptoide é a Pocket, uma app que permite descobrir e recomendar as melhores histórias da web. Caso se encontre um artigo, vídeo ou link o utilizador salvá-la na Pocket para mais tarde ler. Esta aplicação permite ainda sincronizar com o smartphone, tablet e computador para que assim possa retomar quando e onde quiser, mesmo quando estiver off-line.

Kobo Reading

Para quem gosta de ler livros, a sugestão vai para a app Kobo Reading que permite procurar num extenso catálogo os melhores e-books, revistas de banda desenhada e livros infantis e lê-los de forma conveniente no smartphone ou tablet. Para encontrar o livro que procura pode pesquisar por autor, título, tópico ou género. A Kobo conta com milhões de leitores e mais de cinco milhões de títulos na ponta dos dedos.

Pigments

Além dos livros e histórias da atualidade, existem ainda jogos que vão permitir descontrair enquanto está à beira-mar. O Pigments é um jogo simples e desafiador. Com uma forma de navegação inovadora, completamente baseada em gestos.

Sleep Better Alarm Clock

Para as pessoas que têm dificuldade em dormir, esta aplicação pode ajudar. A Sleep Better Alarm Clock monitoriza e melhora a qualidade do sono de forma simples e divertida. O despertador inteligente acompanha os ciclos e calcula a eficiência do sono. Esta app regista o sono em fases e armazena dados adicionais como fases da lua, consumo de cafeína e álcool, hábitos de exercício físico, níveis de stress, informações sobre sonhos, pesadelos e o humor ao acordar.

Calm

Para quem tem dificuldade de aclamar, o conselho da Aptoide vai para a Calm, uma aplicação de topo para meditação. As sessões de meditação guiadas estão disponíveis entre três a 25 minutos. A app garante que se o utilizador fizer estas pequenas sessões vai acalmar a ansiedade, gerir melhor a pressão do dia a dia, conseguir um sono profundo e ficar mais focado.

Pump Up

Por último, fica a sugestão de uma app que ajuda também a gerir a adrenalina. A Pump Up é um espaço para partilhar os desafios e triunfos, acompanhar a aptidão física e receber suporte de uma comunidade global de pessoas de mentalidade semelhante. A Pump Up já conta com mais de quatro milhões de utilizadores. Seja exercícios, peso ou atividades, a Pump Up possui as ferramentas necessárias para levar uma vida saudável.

O ECO recusou os subsídios do Estado. Contribua e apoie o jornalismo económico independente

O ECO decidiu rejeitar o apoio público do Estado aos media, porque discorda do modelo de subsidiação seguido, mesmo tendo em conta que servirá para pagar antecipadamente publicidade do Estado. Pelo modelo, e não pelo valor em causa, cerca de 19 mil euros. O ECO propôs outros caminhos, nunca aceitou o modelo proposto e rejeitou-o formalmente no dia seguinte à publicação do diploma que formalizou o apoio em Diário da República. Quando um Governo financia um jornal, é a independência jornalística que fica ameaçada.

Admitimos o apoio do Estado aos media em situações excecionais como a que vivemos, mas com modelos de incentivo que transfiram para o mercado, para os leitores e para os investidores comerciais ou de capital a decisão sobre que meios devem ser apoiados. A escolha seria deles, em função das suas preferências.

A nossa decisão é de princípio. Estamos apenas a ser coerentes com o nosso Manifesto Editorial, e com os nossos leitores. Somos jornalistas e continuaremos a fazer o nosso trabalho, de forma independente, a escrutinar o governo, este ou outro qualquer, e os poderes políticos e económicos. A questionar todos os dias, e nestes dias mais do que nunca, a ação governativa e a ação da oposição, as decisões de empresas e de sindicatos, o plano de recuperação da economia ou os atrasos nos pagamentos do lay-off ou das linhas de crédito, porque as perguntas nunca foram tão importantes como são agora. Porque vamos viver uma recessão sem precedentes, com consequências económicas e sociais profundas, porque os períodos de emergência são terreno fértil para abusos de quem tem o poder.

Queremos, por isso, depender apenas de si, caro leitor. E é por isso que o desafio a contribuir. Já sabe que o ECO não aceita subsídios públicos, mas não estamos imunes a uma situação de crise que se reflete na nossa receita. Por isso, o seu contributo é mais relevante neste momento.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

12 aplicações para aproveitar o verão ao máximo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião