Altice quer voltar às compras. Norte-americana Charter na mira

Um mês depois de anunciar a compra da portuguesa Media Capital, Altice quer voltar às compras. Desta vez é a Charter Communications, num negócio que poderá estar avaliado em 200 mil milhões.

A Altice e a sua subsidiária norte-americana Altice USA estão a trabalhar numa oferta para comprar a norte-americana Charter Communications, isto um mês de depois de o grupo francês liderado por Patrick Drahi ter anunciado a aquisição da Media Capital em Portugal.

De acordo com a CNBC, citando fontes próximas do processo, embora a Altice e a sua subsidiária ainda não tenham apresentado uma proposta formal, a possibilidade de avançar para a aquisição da Charter parece provável neste momento

Aquele site norte-americano lembra que a Altice e o seu fundador Drahi sempre demonstraram uma grande ambição de crescimento nos EUA. E o recente interesse do Softbank na Charter poderá precipitar a Altice para uma nova aquisição no mercado de telecomunicações norte-americano.

De resto, avança a CNBC, a Altice tem já banqueiros e advogados no terreno a trabalhar no sentido de apresentar uma proposta para comprar a Charter. Mas o processo deverá apresentar obstáculos tanto para a Altice como para o Softbank, dado que o negócio dificilmente será aceite pelos acionistas da Charter sem uma contrapartida financeira razoável.

Com uma dívida de 60 mil milhões e um preço de compra expectável que poderá atingir os 500 dólares por ação, um negócio deverá conferir uma avaliação empresarial à Charter de quase 200 mil milhões de dólares. Atualmente, os títulos desta operadora de cabo negoceiam nos 394 dólares.

Do lado da Altice, a companhia francesa tem sido um dos protagonistas no mercado mundial de telecoms nos últimos anos, realizando aquisições atrás de aquisições através do recurso à dívida. No final do primeiro trimestre de 2017, o grupo apresentava uma dívida de 50,7 mil milhões de euros.

No mercado português, a Altice é dona da PT Portugal (e da Meo) e no passado dia 14 de julho anunciou um acordo com os espanhóis da Prisa para a compra da Media Capital, que detém a TVI entre outros ativos no setor do entretenimento, num negócio avaliado em 440 milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Altice quer voltar às compras. Norte-americana Charter na mira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião