Direto Centeno: “Crescimento essencial para reduzir a dívida”

O crescimento de 2,8% registado no segundo trimestre surpreendeu, porque ficou no limite inferior das previsões dos analistas. O ministro das Finanças explica os números do INE.

O crescimento de 2,8% registado no segundo trimestre surpreendeu, porque ficou no limite inferior das previsões dos analistas. Ainda assim, o ministro das Finanças salientou contributo do investimento e manutenção da expansão económica num quadro de esforço orçamental. “É muito importante que tenhamos consciência de que este esforço de crescimento económico é conseguido com uma consolidação das contas públicas e que é absolutamente essencial para a redução do peso da dívida no PIB”, declarou Centeno em reação aos números apresentados esta manhã pelo INE.

Comentários ({{ total }})

Centeno: “Crescimento essencial para reduzir a dívida”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião