Oi vai vender imóveis para reduzir dívida

  • ECO
  • 13 Janeiro 2018

Operadora brasileira vai contratar consultora para por em marcha um plano de crescimento, depois de aprovada a reestruturação. Oi detém mais de sete mil imóveis no Brasil. Alguns serão para vender.

A brasileira Oi vai fazer um levantamento dos seus ativos dentro e fora do país para analisar uma eventual alienação no sentido de reduzir a sua pesada dívida. A operadora pretende contratar uma consultora para por em prática o novo plano de expansão da empresa, isto após aprovado o plano de reestruturação em dezembro.

Ao jornal brasileiro Estadão (acesso livre), Eurico Teles, presidente da operadora que tem a Pharol como principal acionista, revelou que a Oi dispõe de um vasto património que pode ser vendido para ajudar a baixar o endividamento que totaliza os 64 mil milhões de reais (cerca de 16 mil milhões de euros). Só no Brasil, a Oi tem cerca de sete mil imóveis. Fora do país, o principal ativo é a Unitel, a maior operadora de telecomunicações em Angola.

A empresa irá proceder a um inventário interno nos próximos três meses, com o objetivo de identificar todo o tipo de ativo que possa ser vendido. Eurico Teles não revelou em quanto é que esses ativos podem estar avaliados, mas várias fontes indicaram ao Estadão que os imóveis no Brasil poderão valer oito mil milhões de reais (dois mil milhões de euros).

Com o plano de reestruturação, grande parte da sua dívida será convertida em ações, com os credores a ficarem com 75% da operadora e os atuais acionistas com 25% — isto num cenário de que vão participar no aumento de capital de 4 mil milhões de reais.

O resultado da aprovação do plano de reestruturação aguarda pela homologação da Justiça brasileira.

Enquanto este processo decorre, Eurico Teles procura melhorar o desempenho operacional da Oi, não descartando uma eventual fusão com uma operadora rival ou vir a ser adquirida por investidores internacionais, como a China Telecom.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Oi vai vender imóveis para reduzir dívida

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião