Rui Patrício debate branqueamento de capitais no ISCTE

Rui Patrício, advogado de Manuel Vicente e sócio da MLGTS, participa na 2.ª Conferência Internacional sobre Prevenção e Deteção do Branqueamento a decorrer no próximo dia 21 de março, no ISCTE.

O Observatório Português de Compliance e Regulatório (OPCR) promove, no próximo dia 21 de março de 2018, entre as 9h00 e as 18h00, no Grande Auditório do ISCTE-IUL, a segunda edição da Conferência Internacional sobre Prevenção e Deteção do Branqueamento, na qual participa Rui Patrício, advogado de Manuel Vicente e sócio da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Assiociados (MLGTS).

A ação, que contará com a intervenção de vários especialistas, pretende colocar em debate temas como a identificação e os custos do combate à lavagem de dinheiro, o papel da regulação na prevenção e regulação, a repressão do branqueamento, entre outros.

Rui Patrício, enquanto membro da direção do OPCR, vai ser o moderador da mesa redonda dedicada ao tema “Repressão do branqueamento: eficiência, eficácia e direitos, liberdades e garantias”.

O OCPR, criado em abril de 2017 sob a liderança de Nuno Moraes Bastos (presidente) e Miguel Trindade Rocha (presidente executivo), tem como objetivo promover o conhecimento e a valorização social das atividades de compliance e regulatório, procurando definir padrões de qualidade para o exercício profissional dessas áreas.

Para mais informações, pode consultar o programa completo aqui.

Comentários ({{ total }})

Rui Patrício debate branqueamento de capitais no ISCTE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião