Pharol perde 4,1% após apresentar prejuízos. PSI-20 segue no vermelho

  • Marta Santos Silva
  • 11 Setembro 2018

A empresa que passou aos prejuízos no primeiro semestre abriu a sessão a cair 1,5% mas já desvaloriza mais de 4%. A bolsa de Lisboa negoceia em terreno ligeiramente negativo.

A Pharol começou a sessão a cair 1,5% esta terça-feira e rapidamente desvalorizou até ficar a perder mais de 4%, após ter apresentado resultados semestrais negativos ontem. A bolsa de Lisboa negoceia perto da linha de água, mas pressionada por perdas na Galp e na Mota Engil.

À abertura, com apenas seis cotadas no verde, o PSI-20 perdia 0,15% para os 5.271,39 pontos, pressionado principalmente pela Mota Engil. A empresa de construção civil caía 0,68% para os 2,19 euros, acompanhada no vermelho pela Galp, a desvalorizar 0,33%, e também pelo BCP. O banco caía 0,77% na abertura da sessão para os 24,46 cêntimos.

A Pharol, que começou a sessão a desvalorizar, caía 4,14% às nove da manhã, fixando-se nos 18,98 cêntimos, após ter apresentado esta segunda-feira os resultados do primeiro semestre. A empresa de telecomunicações teve um prejuízo de 2,8 milhões de euros até junho de 2018, em parte devido aos custos operacionais. No mesmo período do ano anterior, a empresa viu lucros de 200 mil euros.

A EDP e os CTT estavam entre as poucas cotadas a ter um início de sessão positivo. Os CTT em particular valorizavam quase meio por cento, chegando aos 3,24 euros por ação.

Na Europa, apesar das preocupações relacionadas com o comércio internacional que estão a deixar os investidores nervosos de Pequim a Washington D.C., muitas das praças mantinham a tendência positiva ditada ontem. O índice de referência europeu Stoxx 600 valorizava 0,04% para os 375,66 pontos, fortalecido pelos pequenos ganhos em Frankfurt (de 0,1%) e pressionado por perdas igualmente pequenas em Londres (que caía 0,2%).

(Notícia atualizada às 9:00).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pharol perde 4,1% após apresentar prejuízos. PSI-20 segue no vermelho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião