Após venda da Unitel, Oi deposita garantia de 34 milhões em benefício da Pharol

A Oi depositou mais de 34 milhões de euros numa conta em favor da Pharol. O objetivo é garantir a Pharol "em caso de eventual condenação em contingências tributárias".

A Oi depositou mais de 34 milhões de euros como garantia à Pharol PHR 1,63% no caso de “eventual condenação em contingências tributárias da responsabilidade” da operadora brasileira. A informação foi comunicada pela Pharol à CMVM.

“A Oi, através da PT Participações SGPS, efetuou um depósito em conta garantia no montante de 34.340.803,32 euros, destinados a garantir a Pharol em caso de eventual condenação em contingências tributárias da responsabilidade da Oi”, lê-se na nota enviada ao regulador.

Esta garantia surge na sequência da venda pela Oi da sua participação de 25% na angolana Unitel à petrolífera estatal Sonangol. A venda vai render um total de mil milhões de dólares (cerca de 900 milhões de euros) à operadora brasileira.

O depósito estava previsto no Instrumento Particular de Transação e Outras Avenças. O documento foi “celebrado entre a Pharol e a Oi no dia 9 de janeiro de 2019”, recorda a antiga holding da Portugal Telecom. Através da Bratel, a Pharol controla 4,94% da Oi.

Evolução das ações da Pharol na bolsa de Lisboa

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Após venda da Unitel, Oi deposita garantia de 34 milhões em benefício da Pharol

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião