5 coisas que vão marcar o dia

Nesta quarta-feira dá-se o último debate do Estado da Nação da legislatura. O Tesouro vai realizar dois leilões de obrigações.

O debate sobre o Estado da Nação é um dos eventos que vai dominar a agenda do dia. A juntar-se a isso, o Tesouro vai aos mercados para fazer dois leilões de obrigações. Dados divulgados pelo INE e pelo Eurostat vão também marcar esta quarta-feira, bem como votações sobre a Lei de Bases da Saúde e as sobre sociedades de investimento e gestão imobiliária.

Parlamento debate Estado da Nação

Nesta quarta-feira toma lugar o último debate da legislatura sobre o Estado da Nação. É o chefe do Executivo, António Costa, que abre a sessão, com um discurso que pode durar até 40 minutos, a que se seguem as questões dos grupos parlamentares. Depois está aberto, então, o debate, que se vai debruçar sobre o estado do país, tal como indica o nome. O tempo previsto para este debate é de, pelo menos, quatro horas.

Estado regressa a leilões

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) realiza nesta quarta-feira dois leilões das linhas de obrigações do Tesouro a dez e 26 anos, com maturidade em junho de 2029 e em fevereiro de 2045. O montante indicativo global destas obrigações situa-se entre os mil milhões e os 1.250 milhões de euros.

O que mais pesa na balança comercial?

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga as Estatísticas do Comércio Internacional referentes a maio deste ano, que permitem perceber a evolução das exportações e importações do país. Em abril as exportações voltaram a abrandar, crescendo apenas 3,2% face ao verificado há um ano. As importações também abrandaram, mas menos, e continuaram a crescer a um ritmo superior a 10% em termos homólogos, levando a um novo agravamento do défice comercial da economia portuguesa.

Votação de propostas sobre sociedades de investimento e gestão imobiliária

Os deputados da Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa vão discutir e votar, nesta manhã, as propostas de apreciação parlamentar relativas ao regime das sociedades de investimento e gestão imobiliária (SIGI). Este debate dá-se no dia em que é também conhecido o Índice de Preços na Habitação para o primeiro trimestre do ano, publicado pelo gabinete de estatísticas da União Europeia.

Partidos confirmam votações na Lei de Bases da Saúde

Depois de muitos avanços e recuos e negociações que acabaram por falhar, os grupos parlamentares vão confirmar as votações indiciárias da Lei de Bases da Saúde, na Comissão de Saúde. Após ser votado na especialidade, o documento terá ainda de ser alvo da votação final global, em plenário. O ponto que criou mais discórdia neste documento foi aquele relativo às parcerias público-privadas na saúde, assunto que, até agora, impediu acordo entre os socialistas e a esquerda.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião