Governo nomeia Nuno Freitas para presidente da CP

Escolha de Nuno Freitas estará ligada à estratégia de Pedro Nuno Santos de relançar o sistema ferroviário nacional através da criação de um centro tecnológico especializado na ferrovia.

O Governo nomeou esta quinta-feira Nuno Freitas como novo presidente da CP, sucedendo assim a Carlos Gomes Nogueira, cujo mandado termina este ano. Nuno Freitas esteve na EMEF e atualmente é diretor-geral da Nomad Tech, joint-venture entre a empresa de manutenção e a Digital Nomad.

Com 49 anos, Nuno Freitas é licenciado em Engenharia Eletrónica e de Telecomunicações pela Universidade de Aveiro, com MBA em Gestão de Empresas pela EGE – Universidade Católica do Porto e ESADE Business School Barcelona. A sua nomeação está a causar surpresa, pela capacidade de atração de um gestor reconhecido na área.

Há seis anos que Nuno Freitas era diretor-geral da Nomad Tech, tendo passado os quatro anos anteriores como diretor da UMAV , unidade de manutenção da EMEF. Anteriormente foi gestor operacional dos comboios pendulares, adjunto do diretor da EMEF no Norte. Entrou para a empresa de manutenção em 1998.

Conselho de administração alargado

A escolha de Nuno Freitas estará ligada com a intenção já antes manifestada por Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas e Habitação (MIH), de relançar o sistema ferroviário nacional através do lançamento de um centro tecnológico especializado.

Também nesta perspetiva de fusão com a EMEF, o Conselho de Ministros desta manhã aprovou ainda o alargamento do conselho de administração da CP para cinco elementos. Da atual equipa, mantém-se apenas Ana Malhó, administradora com o pelouro financeiro da empresa.

Além de Nuno Freitas e de Ana Malhó, irão sentar-se no conselho de administração da CP mais três gestores: Pedro Moreira, que vem da direção de manutenção de Contumil, Pedro Ribeiro e Isabel Ribeiro, ambos da CP Norte.

O Governo aprovou no final de junho um novo plano estratégico para a CP que envolve um investimento de 45 milhões de euros e a contratação de 45 trabalhadores, que tem como principal objetivo aumentar a capacidade das oficinas e recuperar material circulante que foi sendo encostado nos últimos anos.

(Notícia atualizada às 12H34)

 

Comentários ({{ total }})

Governo nomeia Nuno Freitas para presidente da CP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião