Kennedys reforça presença em Portugal com a integração do escritório N. Maldonado Sousa & Associados

  • ADVOCATUS
  • 5 Setembro 2019

A Kennedys vai integrar o escritório N. Maldonado Sousa & Associados. O advogado Nuno Maldonado Sousa será sócio da multinacional.

A sociedade de advogados Kennedys anunciou o reforço da sua presença em Portugal com a integração do escritório N. Maldonado Sousa & Associados. Na sequência da fusão, a equipa até agora liderada pelo advogado Nuno Maldonado Sousa, transita para o escritório de Lisboa da firma britânica.

A multinacional de advocacia Kennedys está em Portugal desde 2011 e a sua atividade centra-se essencialmente na área seguradora e resseguradora. Através da integração do escritório de Maldonado Sousa, a Kennedys passa a contar, em Portugal, com uma equipa de dez advogados, dois dos quais sócios.

Nuno Maldonado Sousa vai integrar a Kennedys na qualidade de sócio e os advogados Gabriela Rei e Carla Almeida Cruz transitam para a sociedade com o estatuto de associadas.

Maldonado Sousa e a sua equipa estão especialmente vocacionados para o apoio a empresários e empresas, nos ramos do direito societário e comercial, imobiliário e construção, laboral e ciências da vida, em assuntos de natureza contenciosa e não contenciosa.

“É com grande entusiasmo que damos as boas-vindas ao Nuno e à sua equipa. Estamos sempre interessados em reforçar os nossos escritórios na justa medida em que esse reforço beneficie claramente os nossos clientes. Este é um desses casos. Estou certo que o Nuno e a sua equipa desempenharão um papel muito importante no que toca ao desenvolvimento da nossa prática societária e comercial, não só em Portugal, como em toda a Europa”, afirma em comunicado Nick Thomas, sénior partner da Kennedys.

Paulo Almeida, sócio e responsável pelo escritório de Lisboa da Kennedys, elogia “a extensa e diversificada experiência que o Nuno e a sua equipa estão a transportar para o nosso escritório, em Lisboa”. “Será um complemento deveras importante ao trabalho que temos vindo a desenvolver na área dos seguros. A sua chegada irá ainda representar uma mais-valia muito significativa no que toca a outras áreas de atividade, igualmente relevantes para os nossos clientes do setor segurador, como é o caso das ciências da vida”, nota, em comunicado.

“A Kennedys é uma firma altamente respeitada no mercado Português. Mas não só. A sua reputação estende-se a toda a Europa e, porque não dizê-lo, a todo o mundo. Acompanhado das minhas colegas Gabriela e Carla, é com grande entusiasmo que encaro este novo desafio, aguardando ansiosamente pela oportunidade de começar a trabalhar com os atuais clientes da firma, em Portugal, e um pouco por todo o mundo”, referiu Nuno Maldonado Sousa em comunicado.

A sociedade de advogados Kennedys conta com a colaboração de cerca de dois mil profissionais e possui 37 escritórios espalhados pelo mundo.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Kennedys reforça presença em Portugal com a integração do escritório N. Maldonado Sousa & Associados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião