5 coisas que vão marcar o dia

Será conhecido o plano do Governo para a Saúde. O Executivo deverá também apresentar a proposta de atualização salarial para a Função Pública.

Esta quarta-feira será conhecido o plano do Governo para a Saúde, que lidará com a suborçamentação no setor. Para além disso, continuam as reuniões do Executivo com a Função Pública, sendo que deverá ser apresentada a proposta de atualização salarial. Ainda por cá, o Instituto Nacional de Estatística vai confirmar os valores da inflação relativos ao mês passado. Lá fora, estará em destaque a estreia da Saudi Aramco na bolsa e a conclusão da reunião da Reserva Federal dos EUA.

Qual será o aumento salarial da Função Pública?

O Executivo de António Costa deverá dar a conhecer, nesta quarta-feira, a proposta de atualização salarial que constará no Orçamento do Estado para 2020 aos sindicatos que representam os trabalhadores do Estado. O secretário de Estado da Administração Pública, José Couto, vai reunir-se primeiro com a FESAP – Federação dos Sindicatos da Administração Pública, seguindo-se depois a Frente Comum e terminando com a Frente Sindical.

Governo aprova plano para a Saúde

Será aprovada esta quarta-feira uma Resolução do Conselho de Ministros com uma estratégia “enquadradora plurianual na saúde para reduzir a suborçamentação e endividamento da Saúde”, segundo explicou o primeiro-ministro, no debate quinzenal. O plano irá também debruçar-se sobre a gestão na Saúde.

Saudi Aramco entra em bolsa

Depois de a petrolífera estatal saudita Saudi Aramco ter conseguido realizar a maior oferta pública inicial de sempre, vai estrear-se na bolsa de Riade nesta quarta-feira a valer 1,7 biliões de dólares (1,53 biliões de euros). Os fundos conseguidos pela Saudi Aramco com esta entrada em bolsa devem servir para financiar a diversificação de uma economia que até agora tem estado dependente do petróleo.

INE confirma inflação

O Instituto Nacional de Estatística (INE) confirma o Índice de Preços no Consumidor relativo a novembro 2019. A estimativa rápida divulgada no fim do mês passado indicava que a variação média do Índice de Preços no Consumidor nos últimos 12 meses (e sem habitação) foi de 0,24%, um valor que influencia o cálculo da atualização dos tetos mínimo e máximo do subsídio de desemprego, bem como das pensões.

Fed mantém taxas?

Termina esta quarta-feira a reunião de política monetária da Reserva Federal norte-americana (Fed). A (Fed) cortou as taxas de juro três vezes seguidas e poderá fazer agora uma pausa nos ajustamentos. Ainda não é certo que o banco central dos EUA opte por novas descidas, mas o que é improvável é que os juros caiam até “terreno” negativo como acontece na Zona Euro. Para além da decisão sobre a taxa diretora, a reunião vai contemplar também projeções económicas para 2020.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião