Revista de imprensa internacional

O vírus que está a afetar a China também está a afetar a economia do país. Nos EUA, um ex-braço-direito do presidente na segurança nacional deita mais lenha na fogueira do impeachment.

Uma nova estirpe de coronavírus, com origem na China, que já fez 80 mortos, também está a provocar ondas de choque na economia. No plano empresarial, destaque também para o plano do português Miguel Patrício para dar nova vida à gigante alimentar Kraft Heinz.

Financial Times

Crise do coronavírus abala economia chinesa

A China está a preparar-se para um duro golpe no crescimento económico do país, em consequência da crise provocada pela nova estirpe de coronavírus que já fez 80 mortos. O consumo e o turismo são os setores mais afetados pelo surto, ao ponto de o regulador bancário e de seguros da China ter de anunciar medidas para ajudar as empresas afetadas. Entre elas, a “redução adequada das taxas de juros dos empréstimos e aumentar os empréstimos de médio prazo e de crédito”, disse a Comissão Reguladora Bancária da China.

Leia a notícia completa no Financial Times (acesso condicionado/conteúdo em inglês).

The Wall Street Journal

Miguel Patrício focado no crescimento da Kraft Heinz

O português Miguel Patrício, líder da Kraft Heinz, está focado no crescimento da marca internacional de produtos alimentares. Sete meses depois de chegar à presidência executiva, decidiu criar um novo cargo na empresa: Chief Growth Officer — ou, por outras palavras, administrador executivo com o pelouro do crescimento. O gestor também quer apostar nas marcas mais fortes, “simplificando” o negócio detido pelo magnata Warren Buffett. Conhecida pelos ketchups, a Heinz tem passado dificuldades numa altura em que, no setor, a há uma procura maior por produtos mais saudáveis.

Leia a notícia completa no The Wall Street Journal (acesso pago/conteúdo em inglês).

The New York Times

Bolton confirma acusação do impeachment a Trump

John Bolton, ex-conselheiro de segurança nacional da Casa Branca e um dos homens que trabalhou lado a lado com Donald Trump, confirma uma das acusações que servem de base ao processo de destituição do presidente, atualmente em curso: que Trump suspendeu um pacote de ajuda financeira à Ucrânia até que fosse aberta uma investigação à família do adversário político Joe Biden. A revelação está num rascunho do livro que se prepara para publicar e deverá deitar lenha na já acesa fogueira do impeachment.

Leia a notícia completa no The New York Times (acesso condicionado/conteúdo em inglês).

The Guardian

Billie Eilish brilha nos Grammys

Com 18 anos e cerca de cinco anos de carreira, a artista Billie Eilish foi a sensação da noite dos Grammys. Arrecadou cinco dos prémios a concurso, incluindo o de melhor artista e o de álbum do ano. Venceu também o Grammy de música do ano, com Bad Guy. A cerimónia decorreu este domingo, em Los Angeles, e também ficou marcada por uma homenagem ao basquetebolista Kobe Bryant, que morreu este fim de semana num acidente e helicóptero.

Leia a notícia completa no The Guardian (acesso livre/conteúdo em inglês).

El Economista

Cabify quer ter carro à espera antes mesmo de o pedir

A Cabify quer que o motorista esteja à sua porta segundos antes de o chamar. Em parceria com a Google na inteligência artificial, a plataforma de transporte vai apostar na análise de métricas e no cruzamento de dados para responder adequadamente às necessidades dos utilizadores. “Com o respeito absoluto das regulamentações de privacidade, a Cabify dispõe de dados dos utilizadores que utilizamos para acrescentar valor ao serviço com o intuito de tentar antecipar qual será o destino dos clientes”, explica Sebastián Barrios, administrador da startup espanhola com o pelouro da tecnologia. Desde novembro que a Cabify já não está presente em Portugal.

Leia a notícia completa no El Economista (acesso livre/conteúdo em espanhol).

Comentários ({{ total }})

Revista de imprensa internacional

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião