EDP dispara 5%. Lisboa brilha em dia de ganhos na Europa

EDP protagonizou os maiores ganhos desta sessão. Ações somaram mais de 5%, puxando pela praça lisboeta, que fechou no verde pelo terceiro dia consecutivo.

Pela terceira sessão consecutiva, Lisboa encerrou as negociações em “terreno” positivo. A praça nacional está a recuperar depois das perdas significativas registadas na última semana face à propagação do coronavírus, que deixou os investidores em alerta. Na sessão desta quarta-feira, destaque para a EDP, cujas ações subiram mais de 5%.

O índice de referência nacional, o PSI-20, valorizou 1,59% para 4.967,93 pontos, subida bem mais expressiva que a valorização de 0,08% registada pelo índice europeu, o Stoxx 600. A mesma tendência de ganhos ligeiros foi verificada pelo francês CAC 40, que avançou 0,09%, pelo alemão Dax, que somou 0,12%, e pelo espanhol Ibex, que subiu 0,05%.

Os investidores estão mais otimistas devido à intervenção internacional para mitigar o impacto do coronavírus na economia: a Reserva Federal norte-americana decidiu cortar juros, o G7 já prometeu estímulos orçamentais, enquanto a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) prepara-se para limitar a produção.

Na bolsa nacional, foi a EDP a protagonizar os maiores ganhos. Os títulos da cotada liderada por António Mexia subiram 5,12% para 4,7 euros, no dia em que o Goldman Sachs recomendou “comprar” ações da elétrica nacional.

No verde, destaque também para a EDP Renováveis, cujas ações somaram 3,31% para 13,12 euros, e para a Jerónimo Martins, cujos títulos valorizaram 2,02% para 16,45 euros.

No setor do papel, a Altri viu as ações subirem 2,45% para 5,02 euros, a Semapa 1,4% para 11,58 euros e a Navigator 1,2% para 2,87 euros.

Do outro lado da linha de água, os títulos do BCP caíram 1,32% para 0,1572 euros, impedindo maiores ganhos na bolsa nacional. Os títulos da Galp Energia recuaram 0,82% para 12,75 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP dispara 5%. Lisboa brilha em dia de ganhos na Europa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião