Kennedys lança uma plataforma de gestão de reclamações que junta inteligência artificial e humana

A Plataforma IQ é a mais recente aposta da sociedade de advogados Kennedys. A plataforma permite uma gestão mais rápida, menos dispendiosa e mais eficiente das reclamações dos clientes.

A sociedade de advogados Kennedys lançou a Plataforma IQ. Este mecanismo permite uma gestão mais rápida, menos dispendiosa e mais eficiente das reclamações dos clientes, através da combinação de uma gama alargada de ferramentas inteligentes.

“A Plataforma IQ é uma solução verdadeiramente inovadora que, através da análise de grandes quantidades de dados provenientes de múltiplas fontes internas e externas, irá permitir uma aceleração dos processos, uma otimização dos resultados e uma significativa redução dos custos associados. Certamente, a partir de agora, teremos acesso a decisões mais justas e adequadas a cada caso concreto”, explica Paulo Almeida, sócio responsável pelo escritório em Lisboa. O advogado mostra-se convicto que a plataforma será uma “grande mais-valia” para os clientes, em todo o mundo.

A Plataforma IQ foi desenvolvida pela Kennedys IQ Limited, uma empresa recentemente constituída pela Kennedys, que fornece soluções tecnológicas especificamente desenhadas para companhias de seguros e grandes empresas, com o objetivo de as auxiliar na gestão das suas reclamações, de forma mais competente.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Kennedys lança uma plataforma de gestão de reclamações que junta inteligência artificial e humana

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião