França multa Apple em mil milhões. Violou regras da concorrência

  • ECO
  • 16 Março 2020

A Autoridade da Concorrência de França multou a Apple em mil milhões de euros. Considerou que a marca violou as regras da concorrência na sua rede de distribuição.

A Apple foi multada em mil milhões de euros pela Autoridade da Concorrência de França, na sequência de práticas anticoncorrenciais na sua rede de distribuição e de abuso da dependência económica dos seus revendedores. A notícia foi avançada pela Reuters.

“A Apple e dois dos seus parceiros grossistas acordaram em não competir uns com os outros e impedir que outros distribuidores competissem entre si, esterilizando o mercado grossista de produtos da marca”, referem as autoridades francesas num comunicado citado pela mesma agência.

Esses dois revendedores envolvidos no processo também foram multados pela mesma autoridade. A Tech Data foi alvo de uma multa de 63 milhões de euros e a Ingram Micro de 76 milhões de euros, por concordarem com os preços de forma ilegal, considerou o regulador da concorrência em França.

Esta não é a primeira vez que a gigante norte-americana é multada em território francês. Em 2008, num processo que também envolveu a rede de distribuição de produtos da marca, as autoridades exigiram que a Orange perdesse a exclusividade de vender iPhones naquele país. Já em fevereiro passado, a Apple foi multada em 25 milhões por tentar deteriorar o desempenho de iPhones que tivessem a bateria degradada.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

França multa Apple em mil milhões. Violou regras da concorrência

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião