França multa Apple em mil milhões. Violou regras da concorrência

  • ECO
  • 16 Março 2020

A Autoridade da Concorrência de França multou a Apple em mil milhões de euros. Considerou que a marca violou as regras da concorrência na sua rede de distribuição.

A Apple foi multada em mil milhões de euros pela Autoridade da Concorrência de França, na sequência de práticas anticoncorrenciais na sua rede de distribuição e de abuso da dependência económica dos seus revendedores. A notícia foi avançada pela Reuters.

“A Apple e dois dos seus parceiros grossistas acordaram em não competir uns com os outros e impedir que outros distribuidores competissem entre si, esterilizando o mercado grossista de produtos da marca”, referem as autoridades francesas num comunicado citado pela mesma agência.

Esses dois revendedores envolvidos no processo também foram multados pela mesma autoridade. A Tech Data foi alvo de uma multa de 63 milhões de euros e a Ingram Micro de 76 milhões de euros, por concordarem com os preços de forma ilegal, considerou o regulador da concorrência em França.

Esta não é a primeira vez que a gigante norte-americana é multada em território francês. Em 2008, num processo que também envolveu a rede de distribuição de produtos da marca, as autoridades exigiram que a Orange perdesse a exclusividade de vender iPhones naquele país. Já em fevereiro passado, a Apple foi multada em 25 milhões por tentar deteriorar o desempenho de iPhones que tivessem a bateria degradada.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

França multa Apple em mil milhões. Violou regras da concorrência

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião