Uber permite teletrabalho até ao verão de 2021

Empresa comunicou esta terça-feira aos trabalhadores que manterá o regime de teletrabalho até junho do próximo ano, seguindo decisões semelhantes por parte de outras tecnológicas.

Manuel Pina é diretor-geral da Uber Portugal.DR

A Uber vai permitir o regime de teletrabalho pelo menos até junho de 2021, tendo comunicado a decisão aos trabalhadores a nível mundial esta terça-feira, avançou a CNBC e confirmou a Pessoas/ECO. Na base da medida está a evolução da pandemia da Covid-19.

A informação foi comunicada pelo presidente executivo da empresa, Dara Khosrowshahi, numa reunião com os funcionários da Uber, tendo o responsável adiantado que a medida não é obrigatória. Significa que a todos os trabalhadores da tecnológica será permitido manterem-se em casa ou regressarem aos escritórios, desde que estes sejam reabertos antes dessa data.

Com esta medida, a tecnológica da área da mobilidade junta-se a outras gigantes como o Facebook, a Google, o Twitter ou a empresa promotora do Web Summit, que vão prolongar o regime de teletrabalho até ao próximo ano, pelo menos. Em Portugal, a Uber contava, antes da pandemia, com uma equipa de 450 trabalhadores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Uber permite teletrabalho até ao verão de 2021

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião