Retoma “recomeça dentro de momentos”. Mas é preciso reindustrializar o país, diz Costa

António Costa diz que retoma "recomeça dentro de momentos". Mas avisa que para o conseguir é necessário um "casamento virtuoso" entre várias áreas com o intuito de reindustrializar o país.

O primeiro-ministro António Costa antecipa que a retoma económica “recomeça dentro de momentos”, mas alerta que para o conseguir é necessário um “casamento virtuoso” entre várias áreas com o intuito de reindustrializar o país.

Após a derrapagem económica dos últimos meses e fazendo um paralelismo entre as emissões televisivas de antigamente, António Costa antecipou que a retoma “recomeça dentro de momentos”. Mas para isso, o primeiro-ministro reitera que é necessário “combater o vírus”, apoiar as empresas, as universidades e a cultura para que a “criatividade prossiga”. Tudo com um objetivo: reindustrializar a indústria. Esta é também uma das prioridades definidas por António Costa Silva na visão estratégica no plano de recuperação económica.

“Só deste casamento virtuoso podemos ter uma indústria mais moderna, mais competitiva e que reforce territórios”, concluiu António Costa, em declarações transmitidas pela RTP3. Apesar de admitir que não será tarefa fácil, segundo o primeiro-ministro, “o fundamental está cá”, pelo que é necessário pegar na “criatividade artística, no conhecimento que a ciência produz” para o transformar em inovação.

Neste contexto e com uma mensagem de esperança quanto ao futuro, o chefe de Governo sublinha que a “reconstrução não vai poder ser voltar a fevereiro de 2019″, mas antes chegar ao ponto em que deveríamos estar se nada tivesse acontecido em março”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Retoma “recomeça dentro de momentos”. Mas é preciso reindustrializar o país, diz Costa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião