LinkedIn quer ajudá-lo a encontrar o emprego ideal para as suas competências

O LinkedIn lançou uma nova ferramenta interativa, a "Career Explorer Tool", para ajudar os candidatos a corresponder as suas competências com oportunidades de trabalho reais e ativas no LinkedIn.

Conseguir o emprego certo no futuro pode depender da forma como se adaptam as competências às necessidades do mercado de trabalho. Foi a pensar nisso que o LinkedIn decidiu lançar a ferramenta interativa “Career Explorer Tool”, para ajudar os candidatos a identificar as ofertas de emprego que melhor correspondem às suas competências. O objetivo é ajudar a preparar os candidatos para os trabalhos do futuro e combater o desemprego global devido à pandemia da Covid-19.

Simultaneamente, a ferramenta sugere formações disponíveis no LinkedIn, promovendo a requalificação de competências necessárias para os empregos do futuro.

O LinkedIn tem atualmente mais de 14 milhões de ofertas de trabalho ativas e prevê que, nos próximos cinco anos, surjam 150 milhões de novas oportunidades nas áreas tecnológicas. A nova plataforma interativa vai ajudar os utilizadores a identificar as competências necessárias no futuro.

“O caminho para um novo emprego nem sempre é claro. Há empregos que se encaixam muito bem, mas podem parecer fora de alcance, e outros para os quais nem sabe que tem competências. Estamos a colocar o poder da informação do LinkedIn nas suas mãos: descubra caminhos de carreira em potencial e veja como as suas competências correspondem a cargos reais”, lê-se na página oficial da ferramenta.

A Career Explorer Tool ainda só está disponível em inglês.

 

“Dar a quem procura trabalho uma visão clara sobre onde as suas competências os podem levar, abrirá um novo mundo de oportunidades de carreira. Os empregadores podem utilizar esta informação para apostar na requalificação dos seus trabalhadores para responder às crescentes necessidades no mundo digital, e os decisores políticos podem aproveitar estes dados para desenvolver programas de formação que criem economias mais resilientes”, sublinha Karin Kimbrough, chief economist do LinkedIn, em comunicado na a publicação oficial.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

LinkedIn quer ajudá-lo a encontrar o emprego ideal para as suas competências

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião