Cuatrecasas assessora o Novo Banco na venda de sucursal em Espanha ao Abanca

A equipa da Cuatrecasas foi liderada em Espanha pelo sócio Fernando Minguez, da área de M&A, e em Portugal pelo sócio Paulo Costa Martins, da área de Bancário e Financeiro.

A Cuatrecasas assessorou juridicamente o Novo Banco na venda da maior parte da operação da sucursal em Espanha ao Abanca. A equipa da firma foi liderada em Espanha pelo sócio Fernando Minguez, da área de M&A do escritório de Madrid, e em Portugal pelo sócio Paulo Costa Martins, da área de Bancário e Financeiro.

“Com esta operação o Abanca adquire um volume de negócios adicional de 4.287 milhões de euros, enquanto o Novo Banco melhora significativamente a sua posição de capital e estrutura de balanço, estando ainda a sua conclusão sujeita a aprovação regulatória”, refere a firma em comunicado.

Sem revelar qual o valor da operação, o Novo Banco avança que esta terá um impacto marginal no resultado líquido deste ano, mas permitirá aumentar a posição de capital em cerca de 55bps no Common Equity Tier 1 ratio (esperado); e os rácios de liquidez (LCR e NSFR).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Cuatrecasas assessora o Novo Banco na venda de sucursal em Espanha ao Abanca

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião