OPEP+ mantém aumento da produção de petróleo em janeiro

Em causa está a intenção de aumentar a oferta em 400 mil barris por dia em janeiro.

A OPEP+ (grupo composto pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo e os seus aliados) concordou em manter o plano para o próximo aumento na produção de petróleo. Sinalizam, no entanto, que podem rever a decisão a qualquer momento, conforme a avaliação do risco da variante Ómicron impactar a procura.

Em causa está a intenção de aumentar a oferta em 400 mil barris por dia em janeiro, que continua assim nos planos. No entanto, a aliança disse em comunicado, citado pela CNBC, que “a reunião continua em sessão”, o que significa que podem “fazer ajustes imediatos” caso as atuais condições de mercado mudem.

O grupo acordou também que os cortes de compensação vão ser prolongados até junho de 2022, no seguimento dos pedidos de alguns países com baixo desempenho.

Após a decisão ser conhecida, os preços do petróleo negociado nos mercados recuaram. No entanto, a sessão é marcada por volatilidade e já foi invertida a tendência: o barril de Brent, referência europeia, sobe 0,73% para 69.37 dólares, enquanto o West Texas Intermediate (WTI) ganha 0,47% para 65,88 dólares por barril.

Petróleo volátil após anúncio

(Notícia atualizada às 16h05)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

OPEP+ mantém aumento da produção de petróleo em janeiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião