PSI-20 entra em 2022 a subir mais de 1%

Acompanhando o sentimento positivo das bolsas europeias, o PSI-20 entrou no novo ano com uma subida expressiva. Apenas uma cotada desceu.

É com otimismo que os investidores arrancam a negociação bolsista de 2022. Na primeira sessão do ano, o PSI-20 valorizou 1,23% para os 5.637,91 pontos, acompanhando os ganhos registados nas principais praças europeias. Apenas uma cotada desvalorizou na sessão desta segunda-feira.

A praça lisboeta conseguiu assim superar os seus pares europeus. O Stoxx 600, o índice que agrega as 600 principais cotadas europeias, valorizou 0,5%, segundo os dados da Reuters. O francês CAC 40 valorizou 1,1%, o espanhol IBEX subiu 0,7% e o alemão DAX somou 1% — todos menos do que o PSI-20, em termos percentuais.

Em Lisboa, 18 cotadas fecharam em alta e apenas uma desvalorizou. A destoar nesta onda verde no PSI-20 esteve a Corticeira Amorim com uma queda de 0,71% para os 11,2 euros. Entre as subidas, o destaque vai para Novabase com uma subida de 4,3% para os 5,34 euros.

Segue-se o BCP com uma valorização de 3,19% para os 14,54 cêntimos, a Ibersol com uma subida de 2,7% para os 5,32 euros e a Galp Energia — num dia em que o brent, que serve de referência para as importações portuguesas, está a subir mais de 1% — com um avanço de 2,46% para os 8,73 euros.

Ainda com valorizações acima de 2% surgem a Pharol e os CTT. Com subidas superiores a 1% fecharam cotadas como a Altri, Greenvolt, Nos, Mota Engil, Sonae e Ramada. A EDP, a Semapa, a Ren, a EDP Renováveis, a Navigator e a Jerónimo Martins valorizaram menos de 1%.

O PSI-20 arranca assim 2022 com o pé direito, após ter acumulado um ganho de 13,7% em 2021, registando a maior valorização anual desde 2017.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PSI-20 entra em 2022 a subir mais de 1%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião